Correio do Povo | Notícias | Desastres naturais custaram US$ 306 bilhões em 2017

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

  • 20/12/2017
  • 12:28
  • Atualização: 12:30

Desastres naturais custaram US$ 306 bilhões em 2017

Ano foi marcado pelos furacões Harvey, Irma e Maria

Ano foi marcado pelos furacões Harvey, Irma e Maria | Foto: Thomas B. Shea / AFP / CP

Ano foi marcado pelos furacões Harvey, Irma e Maria | Foto: Thomas B. Shea / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

As perdas financeiras pelas catástrofes e desastres naturais causados pelo homem custarão 306 bilhões de dólares em 2017, contra 188 bilhões de 2016, segundo as primeiras estimativas da seguradora suíça Swiss Re publicadas nesta quarta-feira. Dessa soma, 136 bilhões foram assumidos em 2017 pelos seguros, contra 65 bilhões no ano anterior.

O ano de 2017, marcado pelos furacões Harvey, Irma e Maria, que atingiram vários países do Caribe e o sudeste dos Estados Unidos, é o terceiro mais caro para as seguradoras, segundo a Swiss Re, que desde 1970 realiza este cálculo. Somente emdanos causados pelos furacõesa em 2017, as seguradoras tiveram de pagar 93 bilhões, e a fatura ainda não é definitiva.

A isso é preciso acrescentar os incêndios na Califórnia, que geraram danos imobiliários de 7,3 bilhões de dólares. O ano também foi marcado pelos terremotos no México, cujos gastos em seguros superaram os 2 bilhões de dólares.