Correio do Povo | Notícias | Número de mortos em deslizamento na Colômbia sobe para 234, diz Cruz Vermelha

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 02/04/2017
  • 09:45
  • Atualização: 09:47

Número de mortos em deslizamento na Colômbia sobe para 234, diz Cruz Vermelha

Há pelo menos 202 feridos e 158 casos registrados de busca de familiares na região de Mocoa

Deslizamento foi causado pela cheia de três rios após tempestades | Foto: Cesar Carrion / Presidência da Colômbia / AFP / CP

Deslizamento foi causado pela cheia de três rios após tempestades | Foto: Cesar Carrion / Presidência da Colômbia / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O deslizamento de terras no sul da Colômbia deixou pelo menos 234 mortos e centenas de feridos, anunciou a Cruz Vermelha da Colômbia  (CVC) em um balanço divulgado neste domingo. O deslizamento foi causado pela cheia de três rios após tempestades.

"No momento, há o seguinte registro dos órgãos de socorro presentes na região: 17 bairros afetados, 300 famílias afetadas, 202 feridos, 234 mortos (174 identificados), 158 casos registrados de busca de familiares (151 abertos e sete fechados), 25 residências destruídas", diz o texto.

O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, declarou estado de calamidade na cidade de Mocoa, capital do departamento do Putumayo. Mocoa, um município de 40 mil habitantes, está sem energia elétrica e sem água corrente, serviços que o governo tenta restabelecer. .