Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 24 de Outubro de 2017

  • 23/09/2017
  • 20:02
  • Atualização: 20:07

Sobe para 305 o número de mortes em terremoto no México

Além das vítimas dos tremores, duas mulheres morreram de infarto após réplica neste sábado

Além das vítimas dos tremores, duas mulheres morreram de infarto após réplica neste sábado | Foto: Pedro Pardo / AFP / CP

Além das vítimas dos tremores, duas mulheres morreram de infarto após réplica neste sábado | Foto: Pedro Pardo / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

O número de vítimas do forte terremoto de 19 de setembro na região central do México já chega a 305, informou neste sábado o coordenador nacional de Proteção Civil, Luis Felipe Puente. Em uma atualização do balanço preliminar de vítimas do tremor de magnitude 7,1 na escala Richter, Puente detalhou que são 167 pessoas mortas na capital do país, 73 em Morelos, 45 em Puebla, 13 no estado de México, seis em Guerrero e uma em Oaxaca.

De acordo com o coordenador, os trabalhos de busca e resgate de sobreviventes foram retomados após um novo terremoto ser registrado com magnitude de 6,1 graus na escala de Richter.

Em consequência do novo tremor, duas mulheres morreram de infarto. A primeira, de 80 anos, morreu ao tentar deixar seu apartamento em bairro do centro da capital. A segunda, de 52 anos, morreu na rua, depois de deixar sua casa.

O novo tremor parece não ter causado maiores danos materiais. "Não temos até o momento informes de novos incidentes derivados desse tremor", afirmou à cadeia Televisa o titular da Defesa Civil da prefeitura, Fausto Lugo.

No entanto, o tremor desatou temores sobre os efeitos que possa ter tido sobre eventuais sobreviventes ainda debaixo dos escombros e nos prédios já atingidos pelo terremoto anterior. De acordo com o protocolo, os resgatistas em um prédio desabado na zona central de Roma-Condesa saíram de cima dos escombros rapidamente, enquanto que os familiares das pessoas presas correram a se juntar a seus outros entes queridos.

O tremor é uma das 4.287 réplicas do terremoto de 8,2 graus de 7 de setembro, o mais poderoso desde 1932, cujo epicentro se localizou na costa do estado de Chiapas, de acordo com o Serviço Sismológico Nacional (SSN).


TAGS » Terremoto, México