Correio do Povo | Notícias | Vestido de Meghan Markle foi desenhado por Clare Waight Keller para Givenchy

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 16 de Dezembro de 2018

  • 19/05/2018
  • 11:53
  • Atualização: 12:09

Vestido de Meghan Markle foi desenhado por Clare Waight Keller para Givenchy

Noiva acrescentou duas flores, entre elas uma ampola da Califórnia

Noiva acrescentou duas flores, entre elas uma ampola da Califórnia | Foto: Jane Barlow / POOL / AFP / CP

Noiva acrescentou duas flores, entre elas uma ampola da Califórnia | Foto: Jane Barlow / POOL / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A ex-atriz americana Meghan Markle apareceu neste sábado em seu casamento com o príncipe Harry da Inglaterra usando um vestido de noiva de seda branco, criado pela estilista britânica Clare Waight Keller, diretora artística da maison de alta-costura francesa Givenchy.

A nova duquesa de Sussex, de 36 anos, optou por um vestido de corte simples, moderno e elegante que destaca a sua figura, com decote canoa, mangas três quartos, cauda e um véu muito longo com bordados nas extremidades. O noivo, por sua vez, usava o uniforme de gala dos Blues and Royals, um regimento da cavalaria real. Foi depois de conhecer Clare Waight no início deste ano que Meghan Markle, apaixonada por moda, a escolheu para criar este vestido com uma "estética atemporal e elegante", segundo um comunicado do Palácio de Kensington, residência oficial do casal.

Conforme o desejo de Meghan, o véu, de cinco metros de comprimento, tem bordadas flores que representam os 53 países da Commonwealth. A noiva acrescentou duas flores de sua escolha, entre elas uma amapola da Califórnia, de onde é originária. Meghan também usava sapatos Givenchy e uma tiara de diamantes de 1932, emprestada pela rainha Elizabeth II, avó do príncipe Harry. Os brincos e a pulseira eram da marca Cartier. "É muito 'vintage' e Meghan está linda", exclamou Denise Show, de 46 anos, que chegou a Windsor de Essex (leste da Inglaterra) para ver os noivos.

Sua amiga Georgina Williams considerou, no entanto, que o vestido "poderia ter sido mais bonito". Ao escolher Clare Waight Keller, Meghan surpreendeu a todos os especialistas que aguardavam uma criação de Burberry, Stella McCartney, ou Ralph & Russo. Clare Waight Keller passou por Pringle of Scotland e Chloé antes de chegar à mítica maison fundada em 1952 por Hubert de Givenchy. Também trabalhou para Gucci, Ralph Lauren e Calvin Klein.