Correio do Povo | Notícias | Ataques químicos de 2017 na Síria foram realizados com cloro e gás Sarin

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 14 de Agosto de 2018

  • 13/06/2018
  • 13:31
  • Atualização: 13:36

Ataques químicos de 2017 na Síria foram realizados com cloro e gás Sarin

Informação foi confirmada por Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ)

Informação foi confirmada por Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) | Foto: Omar Haj kadour / AFP / CP

Informação foi confirmada por Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ) | Foto: Omar Haj kadour / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Gás sarin e gás cloro foram utilizados em dois ataques no sul da Síria em março de 2017, reportou nesta quarta-feira a Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ). "Muito provavelmente gás sarin foi utilizado como arma química em Latamné, na Síria, em 24 de março de 2017. A FFM (missão de investigação da OPAQ) também concluiu que gás cloro foi muito provavelmente utilizado como arma química no hospital de Latamné e seus arredores em 25 de março de 2017", indicou a OPAQ em um comunicado.