Correio do Povo | Notícias | Ataques israelenses na Síria mataram pelo menos 23 combatentes

Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 19 de Agosto de 2018

  • 10/05/2018
  • 08:14
  • Atualização: 08:25

Ataques israelenses na Síria mataram pelo menos 23 combatentes

Exército afirma que bombardeou dezenas de alvos militares iranianos

Ataques israelenses na Síria mataram pelo menos 23 combatentes | Foto: Menahem Kahana / AFP / CP

Ataques israelenses na Síria mataram pelo menos 23 combatentes | Foto: Menahem Kahana / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Os ataques noturnos da aviação israelense na Síria mataram pelo menos 23 combatentes (cinco soldados sírios e 18 membros das forças aliadas ao regime) - informou o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH) nesta quinta-feira. Entre os militares sírios mortos está um oficial.

Entre as vítimas fatais há sírios e estrangeiros, de acordo com a ONG. O Exército israelense afirma que bombardeou dezenas de alvos militares iranianos na Síria. De acordo com o OSDH, entre os alvos do ataque israelense se encontravam zonas situadas perto de Damasco e no sudoeste da Síria.

Os bombardeios "provocaram perdas humanas em um certo número de zonas atacadas", afirmou a ONG, ressaltando que o número de mortos pode aumentar. Israel afirmou ter atacado posições iranianas na Síria em resposta ao disparo de foguetes, atribuído ao Irã, contra suas forças na zona das Colinas de Golan, ocupada por Israel.