Correio do Povo | Notícias | Irã define como "um crime" separação nos EUA de pais e filhos imigrantes

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 20/06/2018
  • 11:42
  • Atualização: 12:10

Irã define como "um crime" separação nos EUA de pais e filhos imigrantes

Guia supremo manifestou-se em página online oficial

Guia supremo manifestou-se em página online oficial | Foto: Alex Edelman / AFP

Guia supremo manifestou-se em página online oficial | Foto: Alex Edelman / AFP

  • Comentários
  • AFP

O guia supremo iraniano, Ali Khamenei, classificou como "um crime", nesta quarta-feira, a política americana de separação de pais e filhos imigrantes - informa sua página on-line oficial. "É insustentável ver fotos do crime que consiste em separar milhares de crianças de sua mãe nos Estados Unidos, mas os americanos, com toda maldade, separam as crianças de seus pais migrantes", declarou o aiatolá Khamenei em um discurso aos deputados iranianos.

A separação de crianças de seus pais imigrantes em situação ilegal se tornou um escândalo nos Estados Unidos e deflagrou uma chuva de críticas ao governo Donald Trump. Irã e Estados Unidos romperam suas relações diplomáticas em 1980. O guia supremo iraniano denuncia o Ocidente, com frequência, por sua "decadência moral", criticando os EUA em primeiro lugar - o "Grande Satã" na terminologia oficial iraniana.