Correio do Povo | Notícias | Último menino e treinador são resgatados de caverna na Tailândia

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

  • 10/07/2018
  • 08:57
  • Atualização: 12:04

Último menino e treinador são resgatados de caverna na Tailândia

Grupo de 13 pessoas ficou preso durante duas semanas

Último menino e treinador são resgatados de caverna da Tailândia  | Foto: Ye Aung Thu / AFP / CP

Último menino e treinador são resgatados de caverna da Tailândia | Foto: Ye Aung Thu / AFP / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Sucesso total. Após duas semanas presos dentro de uma caverna inundada, o último menino e seu treinador foram resgatados pouco antes das 9h (horário de Brasília) na Tailândia, de acordo com informações da rede de notícias norte-americana CNN. A complexa operação durou três dias e contou com um grande grupo de socorristas e mergulhadores do país e de outros lugares do mundo.  

A terceira etapa da missão de resgate foi rápida e conseguiu retirar cinco pessoas - quatro meninos e o treinador. Nessa segunda, outros quatro garotos haviam sido retirados da caverna inundada. Conforme a CNN, ao menos 19 mergulhadores acompanharam as operações de hoje. 

Segundo Narongsak Osottanakorn, chefe da célula de crise, um médico e três membros da Marinha tailandesa que estavam com o grupo desde sua localização, na semana passada, também devem sair nesta terça da caverna. Uma equipe de mergulhadores especializados e auxiliados por elementos de elite da marinha tailandesa conduziram com perfeição as operações que foram meticulosamente planejadas. Entre os túneis inundados e estreitos por onde tiveram de passar, o percurso era longo e cheio de obstáculos mesmo para mergulhadores experientes.

Treino antes da saída

Os meninos não tinham experiência de mergulho e muito menos sabiam nadar. Os socorristas os treinaram a como usar a máscara e respirar debaixo da água através de um tanque de oxigênio. Um dos temores é que eles pudessem ter um ataque de pânico durante a travessia, mesmo que escoltados por um mergulhador.

A morte na sexta-feira passada de um ex-oficial da elite da marinha nacional que ficou sem oxigênio em uma área profunda da caverna ampliou as preocupações das autoridades sobre os perigos da rota de fuga. Mas a arriscada operação teve início e, no domingo, quatro meninos foram resgatados. Outros quatro foram libertados nessa segunda. 

Drama chama a atenção do mundo 

A Tailândia acompanhava a saga dos 12 menores de idade (de 11 a 16 anos), membros de um time de futebol, e de seu treinador de 25 anos, que ficaram presos na caverna em 23 de junho com o aumento do nível da água. O drama também era acompanhado em todo mundo: centenas de jornalistas estrangeiros estiveram na região da caverna e os meninos receberam mensagens de apoio de várias celebridades. O comandante da junta militar que governa a Tailândia desde o golpe de Estado em 2014, general Prayut Chan-O-Cha, visitou o local na segunda-feira.