Correio do Povo | Notícias | Alguns meninos foram retirados de caverna na Tailândia "adormecidos", diz socorrista

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 22 de Setembro de 2018

  • 11/07/2018
  • 09:28
  • Atualização: 13:27

Alguns meninos foram retirados de caverna na Tailândia "adormecidos", diz socorrista

Meninos estão em quarentena em hospital

Resgate durou três dias | Foto: Handout / Royal Thai Navy / AFP / CP

Resgate durou três dias | Foto: Handout / Royal Thai Navy / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Alguns dos meninos tailandeses presos em caverna, na Tailândia, foram resgatados em macas "adormecidos", informou nesta quarta-feira à AFP um socorrista, ex-membro da Marinha, que participou da operação. "Alguns deles estavam adormecidos, outros moviam os dedos (como se estivessem) 'grogues'. Mas respiravam", explicou o comandante Chaiyananta Peeranarong, que foi o último socorrista a deixar a caverna após o resgate dos 12 jovens e seu treinador de futebol.

• Confira o passo a passo da preparação para o resgate dos meninos na Tailândia

O grupo ficou preso na caverna por 18 dias, sendo resgatados na terça-feira. De acordo com a rede de notícias norte-americana CNN, no tempo em que ficaram na gruta, as crianças perderam dois quilos. A informação pelo inspetor do Ministério da Saúde tailandês, Tongchai Lertvirairatanapong.

Lertvirairatanapong afirmou, porém, que os meninos estão com boas condições de saúde e isso foi atribuído ao treinador, de apenas 25 anos. "Eu tenho que louvar o trabalho do técnico, que cuidou muito bem dos meninos", disse o médico.

Os familiares dos garotos ainda aguardam autorização médica para reencontrá-los. Nessa terça-feira, logo depois que todo grupo foi libertado, todos foram colocados em quarentena para uma série de exames que irá avaliar o nível de oxigênio, efeitos na visão e a nutrição de cada um.