Correio do Povo | Notícias | Explosão em padaria em Paris causa mortes e deixa quase 50 feridos

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 19 de Janeiro de 2019

  • 12/01/2019
  • 12:34
  • Atualização: 17:10

Explosão em padaria em Paris causa mortes e deixa quase 50 feridos

Incidente teria sido causado por um vazamento de gás

Em Paris, 200 bombeiros trabalham para apagar as chamas | Foto: Thomas Samson / AFP / CP

Em Paris, 200 bombeiros trabalham para apagar as chamas | Foto: Thomas Samson / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

Dois bombeiros morreram, e quase 50 pessoas ficaram feridas, neste sábado, em uma forte explosão em uma padaria no centro de Parisinformou a Polícia, que aponta um vazamento de gás como possível origem do incidente. Pelo menos 47 pessoas se feriram na explosão sentida, inclusive, nos prédios próximos.

Entre os feridos, há dez em estado grave. "Houve uma explosão grave, certamente provocada por um vazamento de gás. O balanço de vítimas é grave", declarou o ministro do Interior, Christophe Castaner, que foi ao local, onde 200 bombeiros trabalham para apagar as chamas e prestar os primeiros-socorros.

Um incêndio teria sido o gatilho do incidente, registrado às 9h locais, no distrito IX da capital, perto do Museu Grévin e em uma região com vários hotéis. Tudo indica que se trate de uma "explosão de origem acidental, causada por um vazamento de gás", declarou o procurador de Paris, Rémy Heitz, que foi para a região do acidente junto com outros membros do governo.

As autoridades mantinham um cordão de isolamento ao redor do setor. "Estávamos dormindo, quando ouvimos um barulho. Achamos que fosse um terremoto", contou à AFP uma adolescente que vive em uma rua próxima. "Descemos e vimos um prédio em chamas", disse seu irmão.

A explosão se deu quando os bombeiros, que foram alertados sobre o vazamento de gás, estavam dentro do prédio. A potência da explosão quebrou janelas dos prédios vizinhos.

"Todas as janelas do nosso apartamento quebraram. Todas as dobradiças das portas que estavam abertas pularam. Para sair do meu quarto, tive que andar por cima da porta. As crianças estavam muito assustadas. Não conseguiam sair do quarto", relatou Claire Sallavuard, que vive no mesmo prédio da padaria, situada no térreo. A família teve de ser retirada do primeiro andar de escada pelos bombeiros.

Imagens de feridos evacuados de helicóptero circulavam nas redes sociais e mostravam a rua coberta de escombros, além de chamas saindo do térreo do imóvel afetado. Nas ruas próximas, vários turistas, de mala nas mãos, deixavam os hotéis desta zona central da capital francesa, constatou uma repórter da AFP.

Já os moradores saíam de suas casas de pijama. Um homem descalço, coberto de poeira, estava sendo atendido pelos serviços de emergência. A alguns metros dali, um grupo de cerca de dez pessoas, com ferimentos sobretudo na cabeça, recebiam atendimento médico. Vários feridos foram retirados de helicópteros, que pousaram na Place de l'Opéra, diante do olhar surpreso de turistas e de parisienses.

A polícia pediu à população que se mantenha afastada do local para não atrapalhar os serviços de emergência. A Procuradoria de Paris abriu uma investigação para identificar a causa exata do incidente.

Em Paris, vários prédios estão conectados ao sistema de gás natural da cidade, mas as explosões por vazamento de gás são pouco frequentes.