Correio do Povo | Notícias | Droga que induz ao canibalismo é apreendida em Canela

Porto Alegre

14ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 23 de Julho de 2018

  • 11/01/2018
  • 12:13
  • Atualização: 12:22

Droga que induz ao canibalismo é apreendida em Canela

Jovem de 23 anos confessou que venderia substância em frente a uma escola

Droga que induz ao canibalismo é apreendida em Canela | Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP

Droga que induz ao canibalismo é apreendida em Canela | Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Após denúncia, a Brigada Militar prendeu, na noite de quarta-feira, em Canela, na Serra Gaúcha, um jovem, de 23 anos, por tráfico de drogas. Com ele, foi localizada uma droga sintética conhecida por induzir ao canibalismo, alucinações, psicose, delírio e agressividade com força física extrema.

O jovem estava com três frascos da droga e os venderia em frente a uma escola do bairro São Luiz. Ele foi preso em flagrante e levado à delegacia.

A droga é um entorpecente sintético, sob a forma de cristais, conhecido como flakka ou zumbi, sendo composto da catinona, um estimulante similar à anfetamina e proveniente de uma planta africana chamada khat. Diversos casos de canibalismo pelo mundo foram relacionados ao uso desta substância.

De acordo com a BM, em seis dias, foram presas, em Gramado e Canela, 14 pessoas envolvidas no tráfico de drogas, em nove ocorrências distintas.