Correio do Povo | Notícias | Sala do TRF4 será disponibilizada para que autoridades assistam ao julgamento de Lula

Porto Alegre

11ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 21 de Junho de 2018

  • 12/01/2018
  • 17:05
  • Atualização: 17:28

Sala do TRF4 será disponibilizada para que autoridades assistam ao julgamento de Lula

Local onde será realizado a sessão é apenas para advogados e partes

Presidente do TRF4 e deputados do PT se reuniram nesta sexta-feira | Foto: TRF4 / Divulgação / CP

Presidente do TRF4 e deputados do PT se reuniram nesta sexta-feira | Foto: TRF4 / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Cerca de 40 autoridades poderão acompanhar o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de dentro do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Uma sala com telão será disponibilizada para que políticos assistam a sessão marcada para às 8h30min do dia 24 de janeiro. Segundo a assessoria do tribunal, só terão acesso ao local as autoridades que se cadastrarem.

A sala foi liberada pelo presidente do TRF4 desembargador federal Carlos Eduardo Thompson Flores, após pedido realizado, nesta sexta-feira, por políticos do Partido dos Trabalhadores (PT). Em reunião, o deputado  federal Paulo Pimenta entregou um ofício a Thompson pedindo um espaço para assistirem ao julgamento no tribunal, via telão. A sala de sessão será somente para advogados e partes. O presidente garantiu que atenderá o pedido.

Durante a reunião entre parlamentares e o presidente, os deputados ofereceram cooperação à instituição para que as manifestações referentes ao julgamento ocorram de forma pacífica. “Representamos aqui os 165 deputados do PT no país e estamos trabalhando para que tudo transcorra dentro das normas da Constituição Federal e das garantias individuais”, salientou o deputado federal Paulo Pimenta, líder da bancada do PT na Câmara Federal.

O presidente do TRF4 enfatizou que todos os esforços devem ser feitos para assegurar a tranquilidade. “Os senhores representam parcela da sociedade como membros do Poder Legislativo. Aceitamos prontamente a colaboração para assegurarmos a segurança de todos os envolvidos no julgamento do dia 24 e, também, pedimos que divulguem a mensagem por manifestações pacíficas”, disse Thompson Flores.

Também participaram da reunião os deputados federais Marco Maia e Maria do Rosário e os deputados estaduais Edegar Pretto, presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, Stela Farias, líder da bancada estadual do PT no legislativo estadual, Tarcisio Zimmermann e o advogado Ricardo Zamora.


TAGS » Julgamento, Lula, TRF4