Correio do Povo | Notícias | Assalto deixa funcionários do Samu sem salário em Palmeira das Missões

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 19/06/2015
  • 17:29
  • Atualização: 17:37

Assalto deixa funcionários do Samu sem salário em Palmeira das Missões

Secretaria da Saúde e profissionais do Samu se reúnem para debater o assunto

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

Os motoristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) de Palmeira das Missões vão ficar sem receber pelos plantões realizados no mês passado no município. O motivo é um assalto, ocorrido na quinta-feira, a um dos responsáveis pela contabilidade da empresa que contrata os profissionais da cidade.

Conforme a Polícia Civil, o socorrista havia retirado o valor de R$ 19 mil de um banco no centro de Palmeira da Missões antes da abordagem por um criminoso. Nesta sexta-feira, a Secretaria da Saúde e os profissionais do Samu se reúnem para debater o assunto.

“Como temos uma responsabilidade social, vamos nos reunir com eles para verificar o que pode ser feito para ajudar nessa situação. Mas não posso garantir novos repasses”, ressaltou o secretário da saúde, Paulo Fernandes.

A Prefeitura repassa a empresas terceirizadas cerca de R$ 130 mil mensais para pagar motoristas, técnicos, enfermeiros e médicos. O serviço é prestado em duas ambulâncias e uma moto. Cada cooperativa é responsável pelo recebimento e repasse do dinheiro aos colaboradores.