Correio do Povo | Notícias | Adolescente é mantida em cárcere privado por mãe e padrasto em Porto Alegre

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 19/01/2018
  • 10:23
  • Atualização: 10:34

Adolescente é mantida em cárcere privado por mãe e padrasto em Porto Alegre

Menina, de 16 anos, foi localizada em uma residência com o pé acorrentado em uma cama

  • Comentários
  • Correio do Povo

Após denúncia anônima, a Polícia Civil encontrou, em uma casa no bairro Rubem Berta, zona Norte de Porto Alegre, uma adolescente, de 16 anos, que era mantida em cárcere privado pela mãe e o padastro. A menina estava com o pé acorrentado em uma cama e teve parte do cabelo cortado. O casal foi preso.

De acordo com a delegada Andrea Magno, da delegacia para a Criança e Adolescente Vítima do Departamento Estadual da Criança e do Adolescente (Deca), a mãe disse que teria acorrentado a menina na quarta-feira, pois não queria que ela saísse de casa. Andrea ressalta que a jovem não tem envolvimento com drogas.

Quando os agentes da Polícia Civil foram ao local, encontraram apenas a menina acorrentada e o padrasto. A mãe da adolescente não estava na residência, mas depois foi localizada e presa. Ela foi encaminhada ao Presídio Estadual Feminino Madre Pelletier e o padrasto para a Cadeia Pública de Porto Alegre.

A adolescente está sob cuidados de um familiar. “A menina disse que não teria restrições e que gostaria de ficar com o familiar”, explicou Andrea. Uma cópia da ocorrência do crime será encaminhada ao Conselho Tutelar, responsável pela proteção de crianças e adoelscentes.