Correio do Povo | Notícias | Liderança da facção Os Manos é um dos mortos em tiroteio em saída de festa

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 18/04/2018
  • 13:28
  • Atualização: 13:50

Liderança da facção Os Manos é um dos mortos em tiroteio em saída de festa

Homem era um dos comandantes do tráfico em Cachoeirinha

Carro foi atingido por dezenas de tiros | Foto: Álvaro Grohmann / Especial CP

Carro foi atingido por dezenas de tiros | Foto: Álvaro Grohmann / Especial CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Uma das vítimas do ataque com dezenas de tiros em Porto Alegre, na madrugada desta quarta-feira, é um dos líderes da facção Os Manos. Gordo, como é conhecido no crime, e outro comparsa, que também tem envolvimento com o tráfico, foram assassinados enquanto saíam de uma casa noturna na avenida Sertório, na zona Norte. Outras três pessoas ficaram feridas.

De acordo com o delegado Paulo Perez, de Tramandaí, Gordo é conhecido por liderar o tráfico em Cachoeirinha, na região Metropolitana, e já foi preso por seus agentes no Litoral Norte - por ser forncedor de drogas para o narcotráfico da região. "Ele (Gordo) já foi preso aqui em 2010 na operação Retomada. Ele tinha uma casa aqui em Tramandaí".

As vítimas estavam em um Chevrolet Vectra, de cor preta, com placas de Tramandaí, sendo perseguidas pelos ocupantes de um Volkswagen Fox, de cor branca, depois de deixarem a boate localizada na avenida Sertório, perto do cruzamento com a rua Voluntários da Pátria, no bairro Navegantes. Por mais de 100 metros, o Vectra foi alvo de dezenas de disparos de calibre 9 milímetros de pistola com carregador estendido - que potencializa os tiros -  ou de submetralhadora.

Desgovernado, o carro subiu a calçada e derrubou uma árvore e a grade de um muro de uma igreja. Os atiradores desceram do Fox e prosseguiram atirando contra as vítimas. Uma rajada ficou marcada na parede da igreja. Acionados na ocorrência, os policiais militares do 11º BPM compareceram no local.

Além de Gordo, o passageiro do Vectra também morreu dentro do carro. Um outro homem ficou gravemente ferido. Já um casal, que também estava no veículo, escapou ileso dos tiros, mas teve escoriações devido ao impacto do automóvel na árvore e na grade. Três ambulâncias do Samu foram acionadas para atender os sobreviventes e encaminhá-los ao Hospital Cristo Redentor e Hospital de Pronto Socorro.

O local permaneceu isolado para o trabalho do Departamento de Criminalística do Instituto-Geral de Perícias. No carro, foram encontrados comprimidos da droga sintética ecstasy. A Polícia recolheu ainda mais de 20 cápsulas de calibre 40 e 9 milímetros. O caso será investigado pela 2ª Delegacia de Polícia de Homicídio e Proteção à Pessoa. O trânsito ficou congestionado no trecho, sendo necessária a intervenção da EPTC.

Em dezembro do ano passado, dois homens em um Astra, com placas de Gravataí, haviam sido executados a tiros também na saída de uma festa da mesma casa noturna.