Correio do Povo | Notícias | Tiroteio em posto termina com suspeito de assalto morto em Sapucaia do Sul

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 19 de Novembro de 2018

  • 28/06/2018
  • 07:39
  • Atualização: 07:58

Tiroteio em posto termina com suspeito de assalto morto em Sapucaia do Sul

PM à paisana trocou tiros com homem que invadiu loja de conveniência próxima à BR 116

Tiroteio em posto termina com suspeito de assalto morto em Sapucaia do Sul  | Foto: Samuel Vettori / Record / Especial / CP

Tiroteio em posto termina com suspeito de assalto morto em Sapucaia do Sul | Foto: Samuel Vettori / Record / Especial / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

*Com informações do repórter Samuel Vettori

Um tiroteio, registrado em uma loja de conveniência de um posto em Sapucaia do Sul, na região Metropolitana, terminou com a morte de um homem que estaria assaltando o local. Um policial militar à paisana trocou tiros com três suspeitos que chegaram ao estabelecimento uma hora antes do encerramento do trabalho. 

Conforme a Brigada Militar (BM), o trio de assaltantes se dirigiu ao posto sem levantar suspeitas. O grupo decidiu abastecer o carro em que estava e, enquanto o motorista permaneceu no volante, os outros dois comparsas desceram do veículo para render um dos frentistas e ingressar na loja de conveniência. 

Dentro da loja, estava o policial à paisana e ali começou o tiroteio. O vidro de uma geladeira usada foi quebrado por uma cápsula e nas estantes foram encontrados mais furos de balas. Vários projéteis ficaram espalhados pelo chão do estabelecimento. 

Uma testemunha relatou que um dos assaltantes ingressou na loja de maneira tranquilo, até sorrindo, antes de anunciar o assalto. O policial à paisana teria respondido: "pode levar tudo". Nesse momento, o PM sacou a arma e atirou. 

Na troca de tiros, o PM e uma funcionária da loja de conveniência ficaram feridos. O suspeito que estava no local foi ferido e os comparsas, ao perceberem a situação, decidiram fugir. O criminoso, mesmo com ferimento, correu para a rua, onde o tiroteio prosseguiu, mas em seguida ele caiu e morreu. 

Os frentistas, até então rendidos por um outro assaltantes, conseguiram correr para evitar os disparos e saíram ilesos do tiroteio. O posto fica próximo à BR 116 e conta com câmeras de monitoramento que devem ser usada na investigação do caso.