Correio do Povo | Notícias | Quase dois anos após o crime, acusado de atear fogo na namorada será julgado nesta quinta-feira

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 20 de Novembro de 2018

  • 19/07/2018
  • 08:33
  • Atualização: 08:37

Quase dois anos após o crime, acusado de atear fogo na namorada será julgado nesta quinta-feira

Vítima teve 47% do corpo queimado; caso aconteceu em novembro de 2016, em Lindolfo Collor, no Vale do Sinos

Igor Rafael Schonberger está preso desde fevereiro de 2017 | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Igor Rafael Schonberger está preso desde fevereiro de 2017 | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Acusado de atear fogo na ex-namorada, que teve quase 50% do corpo queimado, Igor Rafael Schonberger, 24 anos, vai a júri popular nesta quinta-feira quase dois anos após o fato. A audiência ocorre a partir das 9h30min, em Ivoti, no Vale do Sinos, e será presidida pela juíza Larissa de Moraes Morais.

O caso aconteceu em novembro de 2016, quando o suspeito teria envenenado Bárbara Hoelscher, de 26, e ateado fogo nela em uma residência em Lindolfo Collor, no Vale do Sinos. A vítima teve 47% do corpo queimado e já passou por quatro cirurgias. Ela deve enfrentar ainda cerca de 20 procedimentos de reparação e mais alguns estéticos.

O homem, de 24 anos, aguardou o julgamento preso em regime fechado. Ele foi detido em fevereiro de 2017, três meses após o crime que chocou a comunidade do Vale do Sinos.