Correio do Povo | Notícias | Três suspeitos de envolvimento em chacina de Caxias do Sul são presos

Porto Alegre

24ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 18 de Novembro de 2018

  • 05/08/2018
  • 11:51
  • Atualização: 11:55

Três suspeitos de envolvimento em chacina de Caxias do Sul são presos

Integrantes de facção foram detidos em Palmeira das Missões

Chacina aconteceu na noite de quinta-feira, em Caxias do Sul | Foto: Mauro Teixeira / Grupo RSCOM / Divulgação / CP

Chacina aconteceu na noite de quinta-feira, em Caxias do Sul | Foto: Mauro Teixeira / Grupo RSCOM / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Brigada Militar prendeu, na manhã de sábado, em Palmeira das Missões, três homens suspeitos de envolvimento na chacina, que deixou quatro mortos, em Caxias do Sul. Os homens estavam em um veículo Voyage de cor prata quando foram abordados. Eles estavam com uma pistola modelo Glock de 9 milímetros, que foi apreendida.

Os homens residem em Caxias do Sul e são integrantes de uma facção. A chacina aconteceu na noite de quinta-feira, quando quatro pessoas foram mortas em frente a uma residência no Beco da Esperança - conhecido ponto de tráfico na região. As vítimas foram identificadas como Tatiane Vidal da Silva, 19 anos, José Wiliam Oliveira Machado, 22, Cássia dos Santos Valadão, 21, que estava grávida de oito meses, e Emerson Dias da Luz Ferreira, 38. Na mesma noite, outras duas pessoas foram mortas em diferentes locais da cidade.

Só em 2018, Caxias do Sul teve 80 homicídios, sendo 21 em julho. O alto número de assassinatos é relacionado ao avanço de facções do Vale do Sinos para a Serra gaúcha e da disseminação do tráfico de drogas. Na última sexta-feira, a Brigada Militar e a Polícia Civil anunciaram reforço do efetivo na região.

Foto: Brigada Militar / Divulgação / CP