Correio do Povo | Notícias | Mulher de vítima de latrocínio é presa por planejar o crime

Porto Alegre

33ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 13 de Novembro de 2018

  • 06/08/2018
  • 12:01
  • Atualização: 12:31

Mulher de vítima de latrocínio é presa por planejar o crime

Corpo de Silvio Mondim Neto, 57 anos, foi encontrado na zona rural de Caxias do Sul no domingo

  • Comentários
  • Correio do Povo

Um latrocínio foi esclarecido pela Polícia Civil em pouco mais de 24 horas em Caxias do Sul. Quatro pessoas foram presas entre a noite de domingo e madrugada desta segunda-feira, durante uma ação dos agentes da Delegacia Especializada de Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) sob comando do delegado Adriano Linhares. Entre os detidos está a mulher da vítima, que planejou o crime.

O fato ocorreu na tarde do último sábado em Linha São Paulo, na localidade de Santa Lúcia do Piaí. No entanto, o corpo de Silvio Mondim Neto, 57 anos, que trabalhava como ourives e criador de aves, foi localizado na manhã do domingo, distante dezenas de metros da residência. Houve a constatação do roubo de uma Kombi e de uma moto Honda, além de joias, documentos, celular e ferramentas que pertenciam à vítima.

"O homem foi morto com diversas facadas. A mulher da vítima prestou depoimento na mesma tarde (no domingo) e os policiais perceberam contradições nas respostas apresentadas às indagações feitas", explicou o delegado. A mulher, de 39 anos, acabou confessando o crime. Um ex-marido dela, o filho dele e um conhecido do rapaz participaram do crime que foi "planejado e preparado". A mulher inclusive auxiliou os executores do crime, tendo avisado quando a vítima sairia de casa.  A Kombi apareceu depois incendiada. Os policiais civis já recuperaram a moto e ferramentas, mas as joias ainda não foram localizadas.