Correio do Povo | Notícias | Polícia identifica foragido do semiaberto suspeito de assassinar motorista de aplicativo em Viamão

Porto Alegre

27ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 15 de Novembro de 2018

  • 15/08/2018
  • 13:20
  • Atualização: 15:37

Polícia identifica foragido do semiaberto suspeito de assassinar motorista de aplicativo em Viamão

Homem teria cometido o crime com a ajuda de duas jovens, de 17 e 19 anos

Em coletiva de imprensa, Polícia Civil anunciou desfechos da investigação | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Em coletiva de imprensa, Polícia Civil anunciou desfechos da investigação | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

A Polícia Civil anunciou na manhã desta quarta-feira o esclarecimento do assassinato do motorista de aplicartivo Sidney Moreira, 41 anos, ocorrido durante assalto em julho passado em Viamão. Três criminosos - um homem, de 23, que está foragido do semiaberto , e duas jovens, de 17 e 19 - estão sendo procurados pela equipe da delegada Caroline Jacobs, titular da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Viamão. Uma quarta pessoa envolvida no latrocínio, uma mulher que tinha cadastro no aplicativo e usou-o como isca, está presa. Os envolvidos costumam cometer roubo e também atuam no tráfico de drogas. A pistola calibre 380, usada para atirar e matar a vítima, ainda não foi localizada pelos agentes.

O motorista havia desaparecido na noite do dia 21 de julho. “Ele efetuou e terminou uma corrida em Porto Alegre e estava retornando para casa em Alvorada. Passando por Viamão, ele recebeu uma chamada via aplicativo e resolveu atender para fazer mais um dinheirinho”, relatou a delegada Caroline Jacobs. Os supostos passageiros embarcaram no Renault Kwid da vítima na parada 36, no bairro Santa Cecília, e pediram para se deslocar até a estrada do Cantagalo. “Durante essa corrida ele foi morto. Ele foi retirado do carro e ajoelhado. Deram o tiro e arrastaram para um mato”, contou. “Na manhã seguinte, no dia 22, foi localizado o veículo dele em um local bem próximo de onde partiu a corrida, na parada 36, e depois o corpo dele próximo do destino final da corrida”, relatou. Cerca de R$ 250 e um celular foram também roubados da vítima.

• Carreata homenageia motorista de aplicativo assassinado e pede mais segurança para categoria

A investigação da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa de Viamão avançou com a identificação de quem havia chamado o serviço pelo aplicativo. Além disso, os peritos criminais localizaram uma impressão digital na porta do veículo da vítima, o que levou os agentes até o nome de um foragido do regime semiaberto que havia rompido a tornozeleira eletrônica havia alguns meses. Outras diligências foram então realizadas.

A mulher, de 19 anos, cadastrada no aplicativo, que está presa, não embarcou na corrida apesar de ter solicitado o serviço com o intuito de atrair algum motorista do Uber que atendesse o chamado. “O objetivo era roubar o carro”, frisou. De acordo com a delegada Caroline Jacobs, o foragido, de 23, e a namorada dele, de 17, além de uma prima da adolescente, de 19, estão sendo agora procurados pelos policiais civis. Denúncias anônimas podem ser encaminhadas aos telefones 181 ou (51) 98446-5842 da Polícia Civil.