Correio do Povo | Notícias | Operação detém 625 suspeitos de homicídio e feminicídio em 16 estados

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sábado, 17 de Novembro de 2018

  • 24/08/2018
  • 11:16
  • Atualização: 11:27

Operação detém 625 suspeitos de homicídio e feminicídio em 16 estados

Ação também prendeu pessoas que descumpriram medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha

  • Comentários
  • Correio do Povo

A operação Cronos deteve, na manhã desta sexta-feira, 625 suspeitos de homicídio e feminicídio em 16 Estados. Do total, 593 foram presos e 61, apreendidos por serem menores de idade. Entre os presos, também estão pessoas que descumpriram medidas protetivas previstas na Lei Maria da Penha.

A ação ocorreu nos estados do Acre, Alagos, Amapa, Amazonas, Bahia, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Cataria, São Paulo, Sergipe e Tocantins. 

A Cronos é coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícias Civis (CONCPC) e foi definida após reunião com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, em julho.

Cronos

A escolha do nome Cronos vem da referência à supressão do tempo de vida da vítima, reduzido pelo autor do crime. Ao mesmo tempo, com a prisão dos autores de homicídio e feminicídio, espera-se o impedimento da prática de novos crimes.