Correio do Povo | Notícias | TCU identifica superfaturamento de R$ 673 milhões na Refinaria Abreu e Lima

Porto Alegre

22ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 23 de Setembro de 2018

  • 13/08/2015
  • 18:03
  • Atualização: 18:09

TCU identifica superfaturamento de R$ 673 milhões na Refinaria Abreu e Lima

Valores são resultados de uma análise feita em contratos da empresa

  • Comentários
  • Agência Brasil

O plenário do Tribunal de Contas da União aprovou na quarta-feira, relatório do ministro Benjamin Zymler, segundo o qual foi identificado um superfaturamento de R$ 673 milhões em contratos de obras da Refinaria Abreu e Lima, em Recife (PE). Os valores são resultados da análise de uma amostra de R$ 1,46 bilhão, de contratos que totalizam R$3,37 bilhões para obras da refinaria.

Dos R$ 673 milhões calculados como sobrepreço, R$ 186 milhões estão relacionados a valores desembolsados para fornecimentos. De acordo com o TCU, o valor está 114% acima do preço de referência.

Do total pago a mais, R$ 317 milhões foram gastos com mão-de-obra, o que, segundo o TCU, representa valor 174% maior do que o considerado como referencial. Em equipamentos de montagem, foram investidos R$119 milhões a mais do que o tribunal apontou como referência - valor que, segundo Zymler, é 59% maior que os preços de mercado.

No relatório, o ministro Zymler destacou a importância dos órgãos investigativos para comprovação do esquema de corrupção.