Correio do Povo | Notícias | Piratini descarta assumir praças de pedágio da freeway

Porto Alegre

25ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 14 de Novembro de 2018

  • 07/07/2018
  • 08:24
  • Atualização: 08:26

Piratini descarta assumir praças de pedágio da freeway

Dnit estimou custo de cerca de R$ 40 milhões para conservar, até fevereiro, as BRs 290 e 116, nos trechos que eram concedidos para a Concepa

Piratini descarta assumir praças de pedágio da freeway | Foto: Alina Souza

Piratini descarta assumir praças de pedágio da freeway | Foto: Alina Souza

  • Comentários
  • Taline Oppitz

Em meio ao fim do contrato da Triunfo Concepa envolvendo a freeway, a possibilidade de a Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR) assumir o controle das praças de pedágio foi sugerida pelo ex-prefeito de Porto Alegre Raul Pont (PT). Segundo o petista, o governador José Ivo Sartori (MDB) pode negociar com o Planalto espécie de mandato-tampão ou a possibilidade de a estatal assumir em definitivo a gestão.

O Dnit estimou custo de cerca de R$ 40 milhões para conservar, até fevereiro, as BRs 290 e 116, nos trechos que eram concedidos, sem considerar socorros médico e mecânico. O diretor-presidente da EGR, Nelson Lidio Nunes, afirmou, no entanto, que o Dnit tem capacidade de manter o pleno funcionamento da freeway e que a hipótese de assumir as praças não é discutida pelo Piratini.