Correio do Povo | Notícias | Kim Kataguiri questiona motivo para que Facebook tenha derrubado páginas do MBL

Porto Alegre

19ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, terça-feira, 25 de Setembro de 2018

  • 26/07/2018
  • 17:47
  • Atualização: 19:10

Kim Kataguiri questiona motivo para que Facebook tenha derrubado páginas do MBL

Líder do movimento promete contra-ataque jurídico e político

Líder do movimento promete contra-ataque jurídico e político | Foto: Facebook / Divulgação / CP Memória

Líder do movimento promete contra-ataque jurídico e político | Foto: Facebook / Divulgação / CP Memória

  • Comentários
  • Ananda Müller / Rádio Guaíba

O líder do Movimento Brasil Livre (MBL), Kim Kataguiri, afirmou, na tarde desta quinta-feira, em entrevista ao programa Esfera Pública, da Rádio Guaíba, que “não sabe o que foi feito de mal” para que páginas ligadas ao movimento tenham sido derrubadas pelo Facebook, nessa quarta-feira.

Um dias após a exclusão de 196 páginas e 87 perfis da rede social sob alegação de violação de políticas de autenticidade da plataforma, Kataguiri ressaltou que apenas 20 dessas páginas eram ligadas diretamente ao MBL, sendo as demais atreladas a partidos ou movimentos de direita. De acordo com o dirigente, só foram removidos links de viés liberal e conservador.

Kataguiri também afirmou que “o que assusta é que ele (Facebook) nao aponta especificamente por qual razão a gente foi deletado”, e que até mesmo o Ministério Público Federal (MPF) já solicitou respostas a esse respeito. O líder do MBL menciona o pedido do procurador do MPF de Goiás, Ailton Benedito de Souza, que solicitou explicações ao Facebook sobre a ação alegando suspeita de “quebra de liberdade de expressão”.