Correio do Povo | Notícias | PDT oficializa candidatura de Jairo Jorge ao governo do Estado

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 26/07/2018
  • 23:17
  • Atualização: 23:20

PDT oficializa candidatura de Jairo Jorge ao governo do Estado

Candidato empolgou militantes ao pregar "segunda revolução educacional" no RS

Candidato empolgou militantes ao pregar

Candidato empolgou militantes ao pregar "segunda revolução educacional" no RS | Foto: Fabiano do Amaral

  • Comentários
  • Correio do Povo

O candidato do PDT ao governo estadual, Jairo Jorge, afirmou durante a convenção que oficializou sua candidatura, que deseja unir o setor produtivo e os trabalhadores em torno de um novo projeto de desenvolvimento. “O Rio Grande do Sul é um Estado rico. O que falta ao Estado é um governo que não fique acomodado. Que tenha ousadia e coragem para investir em ideias que transformem esta riqueza em desenvolvimento. O povo gaúcho não quer saber de discurso bonito. Quer ver a prática, que é o caminho da verdade”, discursou nesta quinta-feira.

Jairo empolgou militantes ao dizer que pretende realizar a segunda revolução educacional no Estado, seguindo o exemplo do ex-governador Leonel Brizola. “Quero seguir os passos do nosso grande líder trabalhista. Meu governo não vai fechar escolas. No meu governo não vai ter salário pago a conta-gotas. Quero governar com a inteligência dos servidores ao meu lado”, sinalizou, em referência aos parcelamentos salariais pelos que o funcionalismo estadual tem enfrentado nos últimos meses.

O candidato dirigiu críticas a adversários na corrida pelo Piratini, mencionando que os últimos governos prometeram mudanças, mas não conseguiram efetivar suas promessas. “O PMDB e o PSDB, quando estão em campanha, não falam que vão aumentar impostos, mas quando chegam ao poder é a primeira coisa que tentam fazer. Quando os mesmos caminhos são trilhados, a gente chega sempre ao mesmo lugar”, comentou o ex-prefeito de Canoas.

Jairo citou experiências que considera exitosas naquele município como modelos que pretende empregar em sua gestão. “Quero impulsionar o crescimento econômico com base em duas estratégias que deram certo em Canoas: desburocratização radical e redução da carga tributária. Quero inovar. Fortalecer o agronegócio e a agricultura familiar. Estimular a indústria e a força do emprego que ela é capaz de gerar”, apontou. No ato, o PDT homologou a aliança com PV, Podemos, Avante, PPL, Solidariedade e PMB.