Correio do Povo | Notícias | Aliança com PP entusiasma Eduardo Leite

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

  • 03/08/2018
  • 08:01
  • Atualização: 08:08

Aliança com PP entusiasma Eduardo Leite

Pré-candidato ao Piratini esteve em São Paulo, onde acompanhou tratativas entre partidos

Eduardo Leite elogiou Heinze e Ana Amélia | Foto: Ricardo Giusti

Eduardo Leite elogiou Heinze e Ana Amélia | Foto: Ricardo Giusti

  • Comentários
  • Correio do Povo

O presidente estadual do PSDB, Eduardo Leite, que formalizará sua candidatura neste domingo, afirmou que ter o Partido Progressista como aliado nas eleições estaduais sempre foi um desejo: “Isso não é segredo para ninguém. Desde o início deste processo ter o PP ao nosso lado era um objetivo”, apontou Leite, ao deixar a convenção estadual da Rede, que ocorria nessa quinta-feira na Câmara de Vereadores, confirmando apoio para a candidatura tucana.

Leite evitou ser enfático sobre a composição, que precisa ser oficializada nas convenções do final de semana, mas qualificou o encaminhamento decorrente das definições nacionais como “uma construção natural”. “Eu me sinto entusiasmado”, descreveu Leite.

Ele contou que esteve em São Paulo nesta quarta-feira acompanhando as tratativas entre as cúpulas do PP e do PSDB e revelou ter se posicionado favoravelmente à aliança que conduziu a senadora Ana Amélia Lemos (PP) para ser vice na campanha de Geraldo Alckmin (PSDB).

O presidente do PSDB gaúcho comentou sobre a estrutura do PP nos municípios do Interior e exaltou que a aliança viabilizará “governabilidade” para seu governo, caso seja eleito para comandar o Palácio Piratini. “O PP atualmente possui uma bancada numerosa e deve eleger novamente um conjunto significativo de deputados estaduais, o que pode representar uma base parlamentar forte para nosso projeto”, analisou.

Eduardo Leite também expressou sua concordância com a possível indicação do deputado federal Luiz Carlos Heinze (PP) para ser candidato ao Senado em sua chapa. “É um grande parlamentar”, argumentou.