Correio do Povo | Notícias | Operação contra pedofilia prende ao menos nove no RS

Porto Alegre

13ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 24 de Junho de 2018

  • 20/10/2017
  • 12:24
  • Atualização: 17:30

Operação contra pedofilia prende ao menos nove no RS

Mandados de busca e apreensão ocorrem em nove municípios gaúchos

Mandados de busca e apreensão ocorrem nove municípios gaúchos | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

Mandados de busca e apreensão ocorrem nove municípios gaúchos | Foto: Polícia Civil / Divulgação / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

Pelo menos nove pessoas foram presas no Rio Grande do Sul, na manhã desta sexta-feira, durante a megaoperação de combate à pedofilia Luz na Infância, desencadeada nesta manhã em todo o país. Durante as prisões também foram recolhidos materiais que comprovam os crimes.

A mobilização, com 1,1 mil policiais, contra os crimes de exploração sexual contra crianças e adolescentes, coordenada pela Secretaria Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça e Segurança Pública, resultou no cumprimento de mandados de busca e apreensão em 24 Estados e no Distrito Federal.

O trabalho que resultou na ação durou seis meses e foi em conjunto com as agências de inteligência das secretarias estaduais de segurança pública e polícias civis. Os alvos da operação foram identificados através de investigações, inclusive com participação de outros países.

O Rio Grande do Sul fez parte da megaoperação Luz na Infância. A Polícia Civil, através do Gabinete de Inteligência e Assuntos Estratégicos, do Departamentos Estadual da Criança e do Adolescente e do Departamento Estadual de Investigações Criminais foram às ruas. Houve a participação também do Instituto-Geral de Perícias.

Um total de 88 policiais civis gaúchos cumpriram 14 mandados de busca e apreensão nos municípios de Novo Hamburgo, Alvorada, Uruguaiana, Santa Maria, Viamão, Porto Alegre, Lagoa Vermelha, Itaqui e São Leopoldo. 

Com base em informações e evidências coletadas em ambientes virtuais, a Polícia Civil instaurou inquéritos e representou pelas buscas e apreensões junto ao Poder Judiciário, visando apreender computadores e dispositivos informáticos, onde estão armazenados os conteúdos de pedofilia, além de indiciar e prender os criminosos.

Em Santa Catarina, a Polícia Civil cumpriu 11 mandados de busca e apreensão nos municípios de Biguaçu, Canoinhas, Criciúma, Itajaí, Lages, São José e Palhoça. A ação envolveu 40 policiais civis e ainda 16 peritos criminais e auxiliares.


TAGS » Polícia, RS, Pedofilia