Correio do Povo | Notícias | Vinicius Ribeiro toma posse na Assembleia após cassação de Basegio

Porto Alegre

23ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

  • 26/11/2015
  • 20:14
  • Atualização: 20:21

Vinicius Ribeiro toma posse na Assembleia após cassação de Basegio

Defesa do ex-parlamentar não pretende questionar votação em plenário

Vinicius Ribeiro toma posse na Assembleia após cassação de Basegio | Foto: Marcelo Bertani / ALRS / CP

Vinicius Ribeiro toma posse na Assembleia após cassação de Basegio | Foto: Marcelo Bertani / ALRS / CP

  • Comentários
  • Voltaire Porto / Rádio Guaíba

Ex-presidente da Companhia Riograndense de Artes Gráficas (Corag), Vinicius Ribeiro, do PDT, tomou posse nesta quinta-feira como deputado estadual e retornou à Assembleia Legislativa, depois de concorrer ao cargo sem sucesso, no ano passado. Eleito como segundo suplente, ele assume em função da cassação de Diogenes Basegio, também do PDT, que perdeu o mandato após ser acusado de quebra de decoro parlamentar. A oportunidade chegou a ser mencionada pelo trabalhista durante discurso de posse: “Alguns destinos nós escolhemos. Outros acolhemos”, enfatizou.

Ao assumir, o parlamentar voltou a reforçar que não pretende julgar Basegio e, novamente, frisou que esse tipo de responsabilidade fica a cargo “da própria história”.

Já os advogados de Basegio não pretendem mais fazer qualquer tipo de questionamento envolvendo o processo no Legislativo que resultou na cassação em plenário. Porém, a defesa no âmbito jurídico prossegue, já que houve denúncia do Ministério Público Estadual.

A volta de Vinicius Ribeiro ao Parlamento reverte uma situação inédita. Até então, pela primeira vez na história da Assembleia Legislativa, a região da Serra ficou sem representante no Parlamento, em início de legislatura. Vinicius Ribeiro é de Caxias do Sul, terra do governador José Ivo Sartori.

Com a cassação de Basegio, Ribeiro passou a ser primeiro suplente e Juliana Brizola assumiu como titular na bancada do PDT. Ele assume a cadeira em função do aproveitamento do colega, Gerson Burmann, na Secretaria Estadual de Obras.