Correio do Povo | Notícias | PSol anuncia frente de esquerda para a disputa municipal

Porto Alegre

26ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019

  • 04/06/2016
  • 22:02
  • Atualização: 16:34

PSol anuncia frente de esquerda para a disputa municipal

Pré-candidatura de Luciana Genro foi aclamada durante convenção do partido

Pré-candidatura de Luciana Genro foi aclamada | Foto: Reprodução / PSol

Pré-candidatura de Luciana Genro foi aclamada | Foto: Reprodução / PSol

  • Comentários
  • Samantha Klein / Rádio Guaíba

O PSol realizou congresso municipal neste sábado para confirmar a pré-candidatura da ex-deputada Luciana Genro na corrida ao Paço Municipal. Como candidato a vice, foi aventado o nome do deputado estadual Pedro Ruas, mas a composição de uma chapa para as eleições à majoritária poderá modificar o atual quadro até a convenção a ser realizada, no final de julho. A dúvida ocorre porque uma coligação com siglas aliadas está se formando.

Durante o encontro, os partidos PSTU, PCB. Rede, PPL, Unidade Popular e Raiz, esses dois últimos movimentos pretendem reunir assinaturas suficientes para se tornarem siglas, foram anunciados como aliados para compor a chapa nas eleições de outubro. Assim, o presidente municipal do PSol, Roberto Robaina, considera que a formação de uma frente de esquerda será forte para chegar ao Paço Municipal.

“Uma aliança democrática, e não estamos falando de siglas e movimentos marginais, estamos falando de lideranças comunitárias da Lomba do Pinheiro e Rubem Berta, estamos falando da Rede, PPL e PSTU, de pessoas que querem um destino melhor ao Cais Mauá. Assim, temos uma aliança social e política com densidade e chances reais. Pela primeira vez temos chances reais de vencer as eleições e mostrar que podemos governar de forma muito melhor”, destaca Robaina.

Em pesquisa realizada pelo Instituto Methodus e Correio do Povo, Luciana Genro apareceu entre as primeiras colocadas na corrida pela Prefeitura de Porto Alegre. Entretanto, naquele cenário, a deputada Manuela D’Ávila ainda não tinha desistido de concorrer. O PCdoB, partido de Manuela, deverá apoiar o pré-candidato pelo PT, Raul Pont.

A busca pelo mandato ao Paço Municipal ainda deve ter candidatos do PT (Raul Pont), PMDB (Sebastião Melo), PDT (Vieira da Cunha), PTB (Maurício Dziedricki), PSDB (Nelson Marchezan Jr.), PR (Rodrigo Maroni) e DEM (Onyx Lorenzoni). Ainda há dúvidas no PP (que pode indicar Cassiá Carpes ou Marcel Van Hattem) e no PSD (que ainda não confirmou Danrlei de Deus).