Porto Alegre

21ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

  • 26/08/2016
  • 07:12
  • Atualização: 07:35

Sartori pedirá ajuda da Força Nacional para guarda externa de presídios

Governador irá se reunir hoje com presidente Michel Temer e ministro Alexandre de Moraes

Sartori pedirá ajuda da Força Nacional para guarda externa de presídios | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

Sartori pedirá ajuda da Força Nacional para guarda externa de presídios | Foto: Samuel Maciel / CP Memória

  • Comentários
  • Correio do Povo

O governador do Estado José Ivo Sartori irá se reunir na manhã desta sexta-feira, em Brasília, com o presidente interino Michel Temer e o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, para solicitar apoio a ações de Segurança Pública no Rio Grande do Sul. A principal reivindicação é a presença da Força Nacional de Segurança para exercer a guarda externa de presídios.

• Protesto por segurança em frente à casa de Sartori 

Serão solicitados também recursos para investimentos no sistema prisional e na aquisição de equipamentos e viaturas policiais. O encontro foi acertado depois de contato de Sartori com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha.

Em virtude da viagem a Brasília, o governador reuniu-se ainda na madrugada desta sexta-feira com o comando da Segurança Pública e secretários de Estado. Comunicou à equipe a decisão de pedir apoio à Força Nacional e determinou que fossem intensificadas ações de segurança na Região Metropolitana de Porto Alegre. A reunião prevista para esta sexta-feira, no Palácio Piratini, será coordenada pelo vice-governador José Paulo Cairoli.

Saída de Jacini 

O secretário da Segurança Pública, Wantuir Jacini, pediu exoneração do cargo na noite desta quinta-feira. A informação foi confirmada pelo governo do Estado do Rio Grande do Sul em nota oficial.

A decisão foi decretada após mais um caso de latrocínio da mãe de um aluno do Colégio Dom Bosco, em frente à instituição de ensino. Segundo a nota, "a equipe do governo do Estado se solidariza com os familiares das vítimas da criminalidade, especialmente de Cristine Fonseca Fagundes, assassinada violentamente nesta quinta-feira".