Correio do Povo | Notícias | Sessão solene no Senado celebra os 65 anos de fundação da Record TV

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quarta-feira, 21 de Novembro de 2018

  • 08/11/2018
  • 14:12
  • Atualização: 16:49

Sessão solene no Senado celebra os 65 anos de fundação da Record TV

Políticos destacaram o pioneirismo e o compromisso ético da emissora ao longo da sua história

Sessão solene no Senado celebra os 65 anos de fundação da Record TV | Foto: Geraldo Magela / Agência Senado / CP

Sessão solene no Senado celebra os 65 anos de fundação da Record TV | Foto: Geraldo Magela / Agência Senado / CP

  • Comentários
  • R7

A Record TV foi homenageada nesta quinta-feira em sessão solene no Senado Federal pelos seus 65 anos de fundação. O ato foi presidido pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE). Compuseram a mesa o senador Eduardo Lopes (PRB-RJ), o deputado Márcio Marinho (PRB-BA), o presidente da Record TV, Luiz Cláudio Costa, o presidente da Abratel, Márcio Novaes, o superintendente institucional da RecordTV, André Dias, e Cláudio Lamachia, presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Ao iniciar a sessão, Eunício Oliveira convidou a apresentadora Ana Hickmann e o ministro da Ciência, Tecnologia, Informações e Telecomunicações, Gilberto Kassab, para comporem a mesa. Na abertura, Eunício falou da importância da emissora.

"Estamos aqui para comemorar os 65 anos da Record TV, exatamente a minha idade. A Record TV é uma das pioneiras e se consolidou como uma das grandes emissoras do Brasil e do mundo. Importante na construção de um eixo da história".

O senador Eduardo Lopes, autor do requerimento da sessão solene, foi um dos oradores.

"A Record TV nasceu da ousadia do empresário Paulo Machado de Carvalho na cidade de São Paulo e foi pautada pelo pioneirismo, sendo a única a transmitir a inauguração de Brasília".

O ministro Gilberto Kassab falou da importância da Record TV no desenvolvimento do país.

"Completar 65 anos é muito pra qualquer um. A história da Record TV se confunde com o desenvolvimento do Brasil. Efetivamente merece essa homenagem de estarmos todos aqui hoje batendo palmas pra Record TV".

Ana Hickmann, apresentadora da Record TV, falou do orgulho de fazer parte da história da empresa.

"Tenho muito orgulho de fazer parte de um pedacinho dessa história. Cheguei aqui quando a emissora comemorava 50 anos e são quase 15 anos de empresa. A emissora está se reinventando numa velocidade muito grande".

O âncora do Jornal da Record, Celso Freitas, lembrou da reputação que a empresa conquistou ao longo dos anos.

"Quero manifestar o orgulho de todos os colaboradores, o orgulho de estar participando da história recente da Record TV. No jornalismo temos o grande desafio de produzir mais de 11 horas de jornalismo verdade".

Estiveram presentes ainda na sessão solene o presidente do PRB, Marcos Pereira, o deputado e senador eleito Major Olímpio (PSL-SP), a atriz Denise Del Vecchio e os embaixadores do Reino Da Jordânia, da Namíbia, da Tailândia e do Chile.

Foto: Geraldo Magela / Agência Senado / CP

Ana Amélia homenageia Grupo Record RS

A senadora gaúcha Ana Amélia Lemos aproveitou para, além de destacar a importância da Record TV, falar da sua relação com o Grupo Record do Rio Grande do Sul ao longo da sua trajetória como senadora e elogiou diretores e profissionais.

"Fui sempre tratada de uma maneira absolutamente independente, sempre abertos os espaços que eu precisava, de uma maneira extraordinariamente de liberdade, de democracia, não fazendo em nenhum momento qualquer restrição ou qualquer discriminação pelo fato de eu ter trabalhado tanto tempo em uma empresa concorrente. Quero fazer esse depoimento prestando uma homenagem ao Reinaldo Gilli, presidente do Grupo Record no Rio Grande do Sul. Queria saudar também, além dele, o Sidiney Costa, que é o presidente do Correio do Povo, jornal que completou 123 anos e que hoje pertence ao Grupo Record; ao Telmo Flor, que é o Diretor de Redação. Quero falar também da Rádio Guaíba, que é do Grupo Record, e que tem prestado um serviço extraordinário da valorização da boa informação, comentaristas da melhor qualidade, jornalistas com grande talento, com grande competência e compromisso com a boa crítica. Saudar também, no caso da Rádio Guaíba, que tem 61 anos, o meu amigo Rogério Mendelski, o programa Esfera Pública com a Taline Oppitz e o Juremir Machado, dizer a todos, e também ao meu caro Alexandre Motta, do Balanço Geral, que é muito grato, para esta jornalista, esta senadora, que encerra o mandato agora em janeiro, de ter convivido com essa emissora que orgulha o bom jornalismo e o entretenimento de qualidade. Parabéns aos 65 anos do Grupo Record, a sua direção, aos seus funcionários".