Correio do Povo | Notícias | É necessária auditoria independente para inspeções, diz Anffa sobre Operação Trapaça

Porto Alegre

18ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, domingo, 22 de Julho de 2018

  • 05/03/2018
  • 10:08
  • Atualização: 17:31

É necessária auditoria independente para inspeções, diz Anffa sobre Operação Trapaça

Vinte e um auditores fiscais federais estão acompanhando a operação da Polícia Federal

Operação deflagrada pela manhã conta com a participação de 21 auditores fiscais | Foto: Alina Souza / CP Memória

Operação deflagrada pela manhã conta com a participação de 21 auditores fiscais | Foto: Alina Souza / CP Memória

  • Comentários
  • AE

O Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical) afirmou, em nota, que apoia a Operação Trapaça, deflagrada nesta segunda-feira, pela Polícia Federal (PF), e "reforça a necessidade da atuação independente e autônoma de servidores públicos no processo de inspeção agropecuária".

A operação deflagrada pela manhã conta com a participação de 21 auditores fiscais federais agropecuários e é desdobramento da Carne Fraca, realizada em março de 2017 em decorrência de denúncias de um auditor fiscal agropecuário.

O objetivo da Operação Trapaça é apurar indícios de fraudes em emissão de laudos de laboratórios privados que realizam processo de controle de qualidade e certificação de produtos para o mercado. Esses laboratórios supostamente teriam criado amostras com objetivo de esconder a condição sanitária dos lotes de animais e de produtos. O

foco principal é a fraude nos resultados associados ao grupo de bactérias Salmonella SPP, comum em carne de aves. "A ação destaca a importância de um sistema de inspeção agropecuária rigoroso, que envolva servidores públicos que atuem de maneira independente e que tenham compromisso com a segurança alimentar do brasileiro e dos consumidores dos produtos agropecuários brasileiros exportados", enfatiza o sindicato.