Correio do Povo | Notícias | Operação Trapaça cumpre condução coercitiva e mandado de busca no Vale do Taquari

Porto Alegre

20ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de Julho de 2018

  • 05/03/2018
  • 11:00
  • Atualização: 17:30

Operação Trapaça cumpre condução coercitiva e mandado de busca no Vale do Taquari

Arroio do Meio é uma das cidades do RS com unidade da BRF

PF desencadeou hoje a Operação Trapaça, mais uma fase da Carne Fraca | Foto: Arquivo / Agência Brasil / CP

PF desencadeou hoje a Operação Trapaça, mais uma fase da Carne Fraca | Foto: Arquivo / Agência Brasil / CP

  • Comentários
  • Correio do Povo

*Com informações da repórter Jéssica Moraes, da Rádio Guaíba

Uma das ações da Operação Trapaça, nova fase da Carne Fraca, está ocorrendo em Arroio do Meio, no Vale do Taquari. Na cidade fica uma das unidades da BRF – a gigante do setor de carnes e processados que é um dos alvos da operação, desta segunda-feira, da Polícia Federal.

De acordo com a PF, os agentes cumpriram em Arroio do Meio um mandado de busca e apreensão em uma residência e também uma condução coercitiva. O conduzido – que não teve identidade revelada – está prestando depoimento na Delegacia de Polícia de Santa Cruz do Sul.

O prefeito da cidade Klaus Werner Schnack (PMDB) disse, em entrevista à Rádio Guaíba, que foi até a unidade da BRF e que tudo está funcionando normalmente na manhã de hoje. Contudo, o prefeito se diz preocupado, pois a empresa integra 20% do valor acionado do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do município.

A PF cumpre 91 ordens judiciais nos Estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Goiás e São Paulo. O ex-presidente da empresa Pedro de Andrade Faria foi preso.

A Trapaça aponta que cinco laboratórios credenciados junto a Agricultura e setores de análises do grupo empresarial fraudavam resultados de exames em amostras de seu processo industrial, informando ao Serviço de Inspeção Federal dados fictícios em laudos e planilhas técnicos.