Correio do Povo | Rio 2016 | Grã-Bretanha bate recorde de perseguição por equipe feminina

Porto Alegre

29ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018

  • 11/08/2016
  • 20:32
  • Atualização: 20:51

Grã-Bretanha bate recorde de perseguição por equipe feminina

Britânicas pararam o cronômetro em 4min13s260 para levar o ouro

Britânicas Laura Trott, Katie Archibald, Elinor Barker e Joanna Rowsell-Shand, pararam o cronômetro em 4min13s260 | Foto: Odd Andersen / AFP / CP

Britânicas Laura Trott, Katie Archibald, Elinor Barker e Joanna Rowsell-Shand, pararam o cronômetro em 4min13s260 | Foto: Odd Andersen / AFP / CP

  • Comentários
  • AFP

A Grã-Bretanha quebrou nesta quinta-feira o recorde da perseguição por equipe feminino na fase de classificação do ciclismo em pista dos Jogos Olímpicos Rio 2016. As britânicas, lideradas por Laura Trott com Katie Archibald, Elinor Barker e Joanna Rowsell-Shand, pararam o cronômetro em 4:13.260.

O recorde anterior era da Austrália (4min13s683), registrado em 19 de fevereiro de 2015, em Saint-Quentin-en-Yvelines, na França. Com um Velódromo lotado, as britânicas arrancaram lentamente e foram ganhando tempo com o passar das voltas.

Por vezes pareciam que voavam sobre a pista, marcando uma velocidade média de 56.858 km/h e cruzando a linha de chegada quase meio segundo abaixo que o recorde da Austrália um ano atrás.