Correio do Povo | Rio 2016 | Etíope Almaz Ayana bate recorde mundial dos 10.000 m e leva o 1º ouro do atletismo

Porto Alegre

17ºC

Ver a previsão completa

Porto Alegre, sexta-feira, 16 de Novembro de 2018

  • 12/08/2016
  • 11:58
  • Atualização: 12:06

Etíope Almaz Ayana bate recorde mundial dos 10.000 m e leva o 1º ouro do atletismo

Queniana Vivian Jepkemoi Cheruiyot levou a prata

Etíope Almaz Ayana bate recorde mundial dos 10.000 m | Foto: Adrian Dennis / AFP/ CP

Etíope Almaz Ayana bate recorde mundial dos 10.000 m | Foto: Adrian Dennis / AFP/ CP

  • Comentários
  • AFP

A etíope Almaz Ayana conquistou a primeira medalha de ouro do atletismo nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, com direito a novo recorde mundial, na prova dos 10.000 metros. A queniana Vivian Jepkemoi Cheruiyot levou a prata e outra queniana, Tirunesh Dibaba o bronze. 

A atleta de 24 anos assumiu a liderança no meio da prova e não perdeu o ritmo para completar a distância com o tempo de 29 minutos, 17 segundos e 42 centésimos. O novo recorde mundial de Ayana é quase 14 segundos mais rápidos que a marca anterior, que havia sido estabelecida em 1993 pela chinesa Wang Junxia (29:31.78).


TAGS » Atletismo, Rio 2016