Alonso testa em Barber e avalia carro da Fórmula Indy: “Algo especial”

Espanhol experimentou todas as condições de pista com o Dallara DW12

Aconteceu. Fernando Alonso guiou pela primeira vez um Fórmula Indy em pista mista. Apenas duas fotos desse megaevento para a categoria norte-americana surgiram, exatamente publicadas pela Andretti Racing. O teste em Barber teve portas fechadas e o asfalto liberado para Alonso mostrar o que sabe e fazer uma primeira adaptação ao Dallara-Honda.

Andretti ainda busca formas de ter o bicampeão de Fórmula 1 no time principal

Resta a definição se um motor japonês será fornecido para o espanhol, em meio às suas rusgas recentes e, ainda, o contrato com a Toyota no Mundial de Endurance. Alonso não quis dar qualquer pista sobre o futuro, contudo. “Eu amo estar atrás do volante, foi um dia feliz com um novo carro, novas experiências, aprendendo coisas novas, com novos engenheiros”, definiu.

Ao longo da quarta-feira, ele conseguiu experimentar todas as condições de pista, com stints no seco e na chuva, em todos os compostos de pneu. Sobre o carro, o espanhol foi só elogios. “Algo bem especial, gostei como se comportou na configuração de misto.”

A Andretti ainda trabalha nos bastidores para ter Alonso no seu time principal, com motor Honda. Caso a montadora vete, o projeto seria fornecer assistência à Harding que possui um contrato de propulsores Chevrolet. Por fim, Alonso estuda uma parceria com a Carpenter, mas sem fazer o campeonato completo em 2019.

Bernardo Bercht :