Marcas RS abre os trabalhos com disputas fortes e pancada violenta em Guaporé

Tiago Takagi e Marco Silveira faturaram a vitória em Guaporé

Disputa entre Choka Sirtuli e João Cardoso Jr acabou no muro. Fotos Worldcross foto e vídeo

O Gaúcho de Velocidade teve sua largada no último fim de semana com as disputas do Marcas & Pilotos num belo grid em Guaporé. O autódromo da Serra Gaúcha, preferido de muitos competidores, foi palco de grandes disputas entre os 29 participantes nas categorias A e Novatos.

A dupla Tiago Takagi e Marcos Silveira venceu as duas baterias, acelerando forte o Celta #54. Na primeira bateria, uma batalha ferrenha entre Choka Sirtuli (Corsa 8) e João Cardoso (Celta #10), acabou em desastre no final da corrida. Os carros trocaram tinta na Curva do Radiador e acabaram acertando o muro com força. João Cardoso chegou a receber atendimento médico e fazer exames no hospital, mas sem ferimentos.

• Resultados da 1ª bateria

• Resultados da 2ª bateria

O pódio foi completado por Claiton Salcedo/Kaki Andrade (Corsa #90), Paulo Ricardo Preto (Celta #70), Juliano Fantin (Corsa #21) e Bruno Cecagno (Celta #9). Entre os Novatos, a vitória foi de Luciano Hienz, seguido de Augusto Rotta e Alex Citron.

Lorenzo Fossá fez prova de recuperação para fechar em segunda na bateria final

A primeira prova acabou tirando vários carros da contenda, com uatro competidores ficando fora da segunda largada. Com Choka e Cardoso fora do páreo, a dupla Takagi/Silveira voltou a fazer boa apresentação rumo à vitória.

Um dos destaques  da bateria foi Lorenzo Fossá. O jovem piloto chegou a perder várias posições no começo, mas escalou o pelotão até encostar no líder. Chegar é uma coisa, passar é outra e o Corsa #12 ficou mesmo na segunda colocação. João Lemos, Bruno Cecagno e Eduardo Fuentes completaram os cinco primeiros. Na Novatos, Augusto Rotta mostrou plena adaptação após sair do kart e venceu, com Alex Citron em segundo e a família Buneder, com Alexandre e Eduardo, em terceiro.

Seis Horas de Guaporé acelera neste sábado com grid recheado

Luiz Sena Jr e Daniel Elias foram campeões em 2016 – Fotos Gregori Dai Prá

Se a Fórmula 1 tem prova noturna neste domingo em Singapura, no sábado, quem acelera é o Rio Grande do Sul. A Superturismo acelera nas Seis Horas de Guaporé com um grande grid dos melhores (e mais variados) carros de turismo do estado. Será a segunda edição do resgate dessa corrida sob a liderança de Telmo Junior Pereira, com a previsão de 36 carros na parelha de largada ao meio-dia.

Passat do Niltão retorna para defender taça da classe 2100

Alguns dos campeões do ano passado estarão presentes, caso de Luiz Sérgio Sena Jr. que faturou a prova no geral em 2016, “botando para derreter” ao lado de Daniel Elias, como disse na época. Outra figurinha confirmada é o Passat Canhão de Niltão Amaral, que venceu na classe 2100 e vai encarar uma concorrência enfezada para repetir o feito.

A batalha pela vitória geral deve ficar entre carros da Força Livre e da TS. A mescla de forças vai garantir batalhas nada comuns entre Maseratis “GTzões”, protótipos Aldee e tubulares (como GM Montana), o Maverick de Leovaldo Petry, o poderoso Ford Focus da MC Tubarão e os sempre competitivos Fiat Linea.

Por fim, os Turismo Light vão caprichar no ritmo com os pneus radiais, mas nunca são carta fora do baralho. São carros de rua preparados no espírito do Marcas 1.6, num grid de Unos, Gols, Corsas e até mesmo um Passatão.

Confira a lista de inscritos:

Automobilismo do RS começa a acelerar em 19 de março e encerra em 17 de dezembro

faixasO calendário de asfalto do automobilismo gaúcho já está circulando há alguns dias e promete corridas em todos os autódromos disponíveis ao longo de 2017. Teremos cinco etapas do Gaúcho de Endurance/Fórmula RS, oito de Marcas, Fuscas e Classic, além de quatro da novíssima Superturismo. As 12 Horas de Tarumã estão marcadas para 17 de dezembro.

As disputas começam em 19 de março no tradicionalíssima Tarumã, com Marcas, Fuscas e Copa Classic, que mudou para o fim de semana das provas de bateria. Na semana seguinte, é a Endurance que corre em Tarumã juntamente com a Fórmula RS. A novidade é que as disputas serão no  sábado, sacudindo o hábito tradicional de fazer corridas no domingo.

Depois disso, a dobradinha Endurance/Fórmula corre uma etapa em Guaporé e duas em Santa Cruz do Sul. Inicialmente, a uruguaia Rivera estava no calendário, mas foi substituída por uma etapa do Brasileiro de Endurance em abril. A corrida internacional, contudo, ainda poderá voltar em novas atualizações.

Rivera está confirmada, contudo, nas provas do Marcas, com a corrida definida para 3 de setembro. Além do solo uruguaio, o regional vai acelerar três vezes em Tarumã, duas em Guaporé, uma em Santa Cruz e uma no Velopark.

A Super Turismo, com provas mais longas para carros de turismo, vai compartilhar os fins de semana com o Marcas em três oportunidades. A temporada abre em Guaporé, no dia sete de maio, passa por Santa Cruz e Tarumã, encerrando com a exclusiva Seis Horas de Guaporé, em setembro.

Confira o calendário:

Show das Seis Horas de Guaporé tem vitória de Sena Jr. e Daniel Elias

Seninha e Elias aceleraram "para derreter" e venceram. Fotos Grégori dai Prá / 6 Horas / Divulgação

Seninha e Elias aceleram “para derreter” e vencem. Fotos Grégori dai Prá / 6 Horas / Divulgação

Volvo #177 fez grande prova de recuperação e faturou a TS

Volvo #177 fez grande prova de recuperação e faturou a TS

Depois de 15 anos, a tradição das provas de longa duração voltou a Guaporé neste fim de semana. As Seis Horas de Guaporé resgataram o sabor da corrida noturna no tradicional autódromo da Serra e também os clássicos pegas com carros de turismo, num grid variado de 26 carros. Na bandeira de chegada, os faróis do Gol #77 de Daniel Elias e Luiz Sérgio Sena Júnior rasgaram o retão primeiro e a dupla se sagrou grande campeã no geral.

• Confira a classificação final

Com um carro da classe 1.6, teoricamente, menos potente que os Super Turismo (TS), Seninha e Elias correram “para derreter”. Antes da largada, Sena Jr já prometia “acelerar com tudo. Se quebrar, vai quebrar na frente”. Foi o que fizeram, e o Golzinho aguentou fantasticamente o rojão para cruzar na ponta mesmo com a perseguição incansável do Volvo 177 da MC Tubarão com os pilotos Martini, Muller e Bacher.

Prova espetacular de pneu radial! 8º lugar para o Gol #18

Prova espetacular de pneu radial! 8º lugar para o Gol #18

Celta 1.4 de radial também acelera e fez nono posto!

Celta 1.4 de radial também acelera e fez nono posto!

A tecnologia sueca, que já se mostrou à prova de balas nas 12 Horas de Tarumã, dessa vez não foi infalívei. O Volvo teve de visitar os boxes logo no começo da corrida e ajustar diversos problemas ao longo da tarde e da noite. Numa recuperação fantástica, conseguiu chegar na mesma volta do Gol, mas 42 segundos atrás. Ficou a festa pelo título na TS, com dobradinha ao lado de Carlinhos de Andrade e Cristiano Almeida do Focus MC Tubarão.

Com o grid aberto a carros com pneus radiais, e não apenas os Slick, duas performances mereceram amplo destaque. O Gol #18 de Niko Kreuz e João Batista Rodrigues vencendo a classe 1.6 Radial e ainda finalizando em oitavo lugar no geral. Top ten em meio a carros mais potentes e com pneus de competiçãom, usando borracha de rua. Não menos empolgante foi o desempenho do Corsa #11 de Schons, Antoniazzi e Flores, de motor 1.4 e pneus radiais, fechou em nono, com o título da classe.

Passatão brilhou na 2.0 e levou título de certa forma inesperado!

Passatão brilhou na 2.0 e levou título de certa forma inesperado!

Volta às origens, com altos pegas dos Turismo em Guaporé. Foto Niltão Amaral / Divulgação

Volta às origens, com altos pegas dos Turismo em Guaporé. Foto Niltão Amaral / Divulgação

O próximo campeão foi um carro que já é personagem do automobilismo gaúcho fechou em 11º no geral. Contrariando as apostas, de certa forma, o Passat Canhão de Niltão Amaral, Cleiton Krause, Everton Braz e Rafael Schipper faturou a vitória na classe para motores 2.0. Nada de Copa Classic, o Passatão ainda tem lenha para queimar entre os melhores do turismo Endurance! Mantiveram o ritmo, completaram 199 voltas e chegaram lá.

A batalha foi grande nos 2.0, com o Puma de Cecaggno, Vianna, Brock e Becker em 12º lugar. O Voyage 51 do idealizador da corrida, Telmo Júnior, veio em seguida, com o terceiro posto, ao lado de Senger, Giacomello e Lodi. Os três primeiros, um atrás do outro na tabela final.

MC Tubarão leva título de braçada da Endurance, com Pasquale e Andrade em Guaporé

Pasquale perdeu brevemente liderança, mas retomou logo para vencer. Fotos Divulgação

Pasquale perdeu brevemente liderança, mas retomou logo para vencer. Fotos Divulgação

MCR-V10 foi segundo colocado ainda buscando acerto ideal

MCR-V10 foi segundo colocado ainda buscando acerto ideal

A temporada perfeita garantiu campeões antecipados no último fim de semana em Guaporé. Tiel de Andrade e Franco Pasquale faturaram o título do Gaúcho de Endurance,  com o MC Tubarão na classe GP1, após a quarta vitória em cinco corridas. Foi a vitória mais dominante da dupla, por sinal, largando da pole e controlando a dianteira para vencer após 140 voltas na tradicional pista da Serra Gaúcha.

O segundo posto ficou com o novíssimo MCR-Lamborghini de Fernando Poeta, Fernando Fortes e Anderson Toso. Em sua segunda prova oficial, o carro já mostra que vai dar muito trabalho quando totalmente desenvolvido com o auxílio do engenheiro Luiz Fernando Cruz. O MRX #75 de Henrique Assunção, Emílio Padron e Fortes, foi o vencedor na P2 e terceiro no geral, em mais um grande desempenho.

Caleffi e Lacombe faturaram título da GT2 com o Maserati

Caleffi e Lacombe faturaram título da GT2 com o Maserati

“Ano foi perfeito. Dominamos o campeonato com quatro vitórias. É impossível um ano melhor. O carro continua sempre evoluindo com o trabalho incansável de todas da equipe. Batemos nosso recorde em Tarumã e agora também em Guaporé”, celebrou Andrade. “Esta etapa foi bem tranquila. Hoje na largada perdi a primeira posição, mas logo consegui recuperar e comecei a andar em um ritmo muito forte, abrindo quase 40 segundos do segundo colocado. A partir daí, foi só administrar a diferença até a bandeirada”, comentou Pasquale, em seu primeiro título no geral da categoria.

BMW #64 venceu a prova da GT2

BMW #64 venceu a prova da GT2

Vianna e Martini faturaram na P3 e se aproximaram do título

Vianna e Martini faturaram na P3 e se aproximaram do título

Na P3, Marcelo Vianna e Julio Martini deram um passo importante rumo ao título com mais uma vitória no MC Tubarão aspirado. Chegaram em quinto no geral, logo atrás de Aldoir Sette e Nei Faustini, vice-líderes da P2 em Guaporé.

Foi dia de título também na classe GT2, com Roberto Lacombe e Arthur Caleffi chegando na segunda posição, mas garantindo os pontos com seu Maserati. O primeiro lugar ficou com a BMW #64 de Viscodin e e Basso. A vitória na GT1 foi da Ferrari de Mendes, Tecchi e Kreis Júnior.

Entre os carros de turismo, Ike Halmenschlagger e o irmão Reinaldo levaram a melhor com o inesgotável Gol #122. O segundo posto foi do Voyage #51 de Telmo Júnior, Lodi e Pedoni.

A grande final da categoria, que definirá os vencedores das outras seis categorias acontece em Tarumã, no dia 23 de outubro.

Confira o resultado final da prova
1. F. PASQUALE/T. DE ANDRADE – GP1
2. F. POETA/F. FORTES/A.TOSO – GP1
3. H. ASSUNÇÃO/F.ORTES/E.PADRON – P2
4. A.SETTE/N.FAUSTINI – P2
5. M. VIANNA/J. MARTINI – P3
6. I. ELY/D. CLAUDINO – GP1
7. R. MENDES/T. TECCHIO/KREIS JR. – GT1
8. C. RABELLO/W. KONRAD – P3
9. M. BASSO/H.VISCONDE – GT2
10. GUSTAVO/RAFAEL SIMON – P3
11. Ike/Reinaldo HALMENSCHLAGER – T
12. TELMO JR./S.LODI/A. PEDONI – T
13. M. STUMPF /M. GIACOMELLO – P3
14. A. CALEFFI/R. LACOMBE – GT2
15. J.TERRES/R. TERRES/P. AVILA – T
16. DIRCEU Fº/C. CASTRO – GT1
17. D. ELIAS/L. SENA JR. – TS
18. CALI CRESTANI – P2
19. H. GIACOMELLO/A. SENGER – GT1
20. PAULO SOUSA – P2
21. L. TALHARI/R. ODORISSI/ARNALDO JR. – P3
22. P. VENTURA/C. ALMEIDA/P. FETER – GT1
23. C KRAUSE / E BRAZ – 7
24. João LEMOS – GP1
25. R. RENA/R. ROSSATI – GT2
26. RUBEN GHISLENI – P2

Endurance RS acelera as Três Horas de Guaporé neste fim de semana

Carros mais velozes do Estado voltam a acelerar na Serra. Foto Endurance RS/ Divulgação CP

Carros mais velozes do Estado voltam a acelerar na Serra. Foto Endurance RS/ Divulgação CP

As disputas de Gaúcho de Endurance e Copa Classic voltam a acelerar neste fim de semana. O maior grid do Rio Grande do Sul retorna a Guaporé para um show de velocidade no tradicional circuito da Serra Gaúcha.

Franco Pasquale e Tiel de Andrade do MC Tubarão largam como líderes da classe GP1 nas Três Horas de Guaporé, com Fernando Poeta e Anderson Toso na perseguição, a bordo do novíssimo MCR Lamborghini. Na P2, Cali Crestani ainda é líder com o protótipo Tornado, apesar do forte acidente sofrido em Tarumã. Eduardo Padron e Henrique Assunção estão em segundo lugar.

Abrindo as disputas dos GTs, Humberto Giacomello e André Senger dominam a GT1 com seu “Stockão”. A GT2, enquanto isso, tem temporada perfeita até aqui de Arthur Caleffi e Roberto Lacombe. Nos carros de Turismo, a dianteira é de Daniel Elias e Luiz Sérgio Sena Júnior.

Confira a programação:

SÁBADO       27/08/2016
Secretaria: 08:30h às 18h
Venda e Montagem de pneus: 08:30h às 17h
Treinos Livres:
09:00h às 09:30h                   1º Treino Livre Endurance Cat.: GP1, P2, P3 e GT1
09:50h às 10:20h                   1º Treino Livre Copa Classic
10:35h às 11:05h                   1º Treino Livre Endurance Cat.: GT2, TS, T1, T2
11:20h às 11:50h                   2º Treino Livre Copa Classic
12:00h às 13:00h                   Intervalo
13:00h às 13:30h                   2º Treino Livre Endurance Cat.: GP1, P2, P3 e GT1
13:45h às 14:15h                   2º Treino Livre Endurance Cat.: GT2, TS, T1, T2
Vistoria Técnica:
10:00h às 12:00h                   Endurance (será realizada nos boxes)
14:00h às 14:45h                   Copa Classic
Treinos Classificatórios:
15:00h às 15:20h                   Copa Classsic
15:35h às 15:50h                   Endurance Categorias TS, T1, T2
16:00h às 16:15h                   Endurance Categorias GT1 e GT2
16:25h às 16:40h                   Endurance Categorias P2 e P3
16:50h às 17:05h                   Endurance Categoria GP1
Briefing:
13:10h            Copa Classic
17:30h             Endurance

DOMINGO     28/08/2016
Secretaria: 08:30h às 16:00h
Venda e Montagem de pneus: 08:30h às 15:00h
Warm-up:
08:50h às 09:05h                   Endurance
1ª Bateria: Copa Classic
09:20h             Abertura de Box
09:30h             Fechamento de Box
09:37h             Largada duração de 25 minutos
Endurance     (03 horas de duração)
10:40h             Abertura de Box
10:55h             Fechamento de Box
10:57h             Hinos (Brasileiro e Gaúcho)
11:02h             Placa de 5 minutos
11:07h             Volta de apresentação
11:10h             Largada ( 3 horas de duração )
Pódium Endurance – 14:20/14:40
2ª Bateria: Copa Classic
14:45h             Abertura de Box
14:55h             Fechamento de Box
15:02h             Largada duração de 25 minutos
Pódium Classic: 15:35

MC Tubarão vence nova batalha com o MRX dos Ribeiro em Guaporé

Batalha do MC Tubarão com o MRX #65 foi até o final de mais uma etapa. Foto Niltão Amaral / Divulgação

Batalha do MC Tubarão com o MRX #65 foi até o final. Foto Niltão Amaral / Divulgação

Batalha de Maserati e Lamborghini, com o carro do tridente levando a melhor na GT1. Fotos Dudu Amaral / MS2 Divulgação

Batalha de Maserati e Lamborghini na GT1. Fotos Dudu Amaral / MS2 Divulgação

O Tubarão continua devorando asfalto no Gaúcho de Endurance. Franco Pasquale e Tiel de Andrade venceram mais uma, neste domingo, com sol e muito frio a bordo do MC Tubarão #78 em Guaporé. Um pouco de neblina não chegou a causar maiores atrasos na programação e o ar frio ajudou na potência dos motores para excelentes disputas na Serra Gaúcha. Após um duelo de corrida inteira com o MRX #65 dos Ribeiro, o carro de Tiel e Franco cruzou na frente a apenas 3,7s de diferança após 135 voltas. Em terceiro na classe GP1, uma volta atrás, chegou o protótipo MRX #117 de Emilio Padron e Henrique Assunção, superando o MR18 #4 de Cláudio Ricci e os irmãos Roso após o carro ter problemas com a carenagem do motor.

• Confira os resultados

Um carro estreante teve o prazer de saborear a vitória logo na sua primeira disputa. O MRX #7 de Aldoir Sette e Carlos Brockveld foi soberano na classe P2 para protótipos aspirados, fechando em quinto na geral. Igor Eberle conseguiu levar o seu Spyder #14 para a 11º lugar entre todos e segundo da classe. O terceiro posto foi do campeão das 12 Horas de Tarumã, Cali Crestani, a bordo do Tornado #3.

Vencedor da P2, Aldoir Sette e vencedor da P3 Marcelo Vianna puxando o pelotão

Vencedor da P2, Aldoir Sette e vencedor da P3 Marcelo Vianna puxando o pelotão

Maserati vencedor da GT2 chegou à frente de muito carro mais forte

Maserati vencedor da GT2 chegou à frente de muito carro mais forte

A P3 teve performance excelente de outro Tubarão, o P3 campeão de 2015, agora venceu sua primeira nas mãos do garoto Marcelo Vianna e de Júlio Martini. A batalha foi forte com o 1R #128 da família Mallaco, com apenas 1s de diferença na bandeirada.

Curiosamente a Classe GT2 chegou na frente da classe GT1, após nova performance perfeita do Maserati #9 de Roberto Lacombe e Artur Caleffi. A dupla completou 121 voltas para ser nono no geral e completou na frente de um Maserati bem mais poderoso da GT1. Ainda assim, Kastropil/Mendes/Totaro/Tecc fecharam como vencedores da GT1 no Maserati Gran Touring #70, com alguma folga para o Sonic Stock Car de Humberto Giacomello e André Senger.

Inesgostável Gol #22 venceu batalha com o #77

Inesgostável Gol #22 venceu batalha com o #77

As Classes T e TS, para carros de turismo, tiveram batalha dos Gols. Enquanto em Tarumã o domínio foi do #77, dessa vez os irmãos Halmenschlager levaram o Gol #22 ao topo do pódio, em 12º no geral. A turma do #77, com Daniel Elias e Luiz Sérgio Sena Júnior, ficou no segundo posto, em 15º, com o Golf de  Cristina Rosito e Gustavo Dal Bosco fechando em terceiro na TS, enquanto o Fiesta de Scomazzon/Postal/Postal foi o terceiro na T.