Correio do Povo

05/08/2018 17:30 - Atualizado em 05/08/2018 17:36

Arte & Agenda > Variedades

Associação Gaúcha de Escritores anuncia os vencedores do Prêmio AGES Livro do Ano 2018

Livro "Não há amanhã", do escritor Gustavo Melo Czekster, foi o mais votado pelos associados

Cerimônia foi realizada no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo- Crédito: AGES / Divulgação / CP
Cerimônia foi realizada no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo
Crédito: AGES / Divulgação / CP

Em cerimônia realizada nesse sábado à noite, no auditório Barbosa Lessa do Centro Cultural CEEE Erico Verissimo, a Associação Gaúcha de Escritores (AGES) anunciou os vencedores do Prêmio AGES - Livro do Ano 2018. O escritor Gustavo Melo Czekster, autor de "Não há amanhã" (Editora Zouk), livro mais votado pelos associados da AGES, recebeu também o troféu Pre^mio AGES/Sintrajufe-RS e R$ 1 mil. O Prêmio AGES foi conferido aos melhores livros publicados em primeira edic¸a~o por autores gau´chos ou residentes no Rio Grande do Sul no ano de 2017. Todos os escritores premiados receberam um trofe´u criado pela artista pla´stica Li´lia Manfro´i. Nas oito categorias concorrentes ao Prêmio, os escritores escolheram, em votação, os seguintes livros e autores como vencedores do Livro do Ano: Categoria Infantil: "Muito esquisito", Alexandre Brito, Pulo do Gato Categoria Especial: "Ave, água", Cleonice Bourscheid, AR do Tempo Não ficção: "As três mortes de Che Guevara", Flávio Tavares, L&PM Narrativa curta: "Não há amanhã", Gustavo Melo Czekster, Zouk Narrativa Longa: "Roupas sujas", Leonardo Brasiliense, Cia das Letras Crônica: "Essências e geografias", Berenice Sica Lamas, Casa Verde Juvenil: "Guanabara Real: A Alcova da Morte", Enéias Tavares, Nikelen, Witter e André Zanki Cordenonsi, Avec Poesia: "João & Maria", Leonardo Antunes, Patuá A noite de premiação, que foi conduzida pela vice-presidente cultural da AGES, Milene Barazzetti Machado, e pelo vice-presidente administrativo, Antônio Schimeneck, teve também uma apresentação especial da artista e escritora Liana Timm e do músico Gilberto Oliveira, que interpretaram canções que se tornaram clássicos da música popular brasileira. Ao dar início à cerimônia de premiação, o presidente da AGES, escritor Christian David, agradeceu a parceria do Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do RS (Sintrajufe-RS) e do Centro Cultural CEEE-Erico Verissimo, e destacou o momento crítico pelo qual passa a área cultural em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul e no país, com o desmonte de políticas públicas na arte e na literatura. "Vamos continuar resistindo", garantiu o presidente da AGES, ao comentar a atuação que a entidade tem desenvolvido contra o descaso dos governos em relação à cultura.

VARIEDADES > correio@correiodopovo.com.br