Correio do Povo

05/09/2018 08:34 - Atualizado em 05/09/2018 08:46

Esportes > Esportes

Inter enfrenta o Flamengo com expectativa de grande público no Beira-Rio

Colorado precisa vencer e torcer para derrota do São Paulo para assumir a liderança

"Temos que aproveitar o fator casa", observa Edmilson, lembrando que o apoio dos torcedores tem feito a diferença- Crédito: Ricardo Duarte / Internacional / CP
"Temos que aproveitar o fator casa", observa Edmilson, lembrando que o apoio dos torcedores tem feito a diferença
Crédito: Ricardo Duarte / Internacional / CP

A torcida colorada reencontrou o seu time. E fechou com ele um pacto de mútua cooperação: dentro de campo, os jogadores se entregam em busca da vitória sem economizar força de vontade e, em troca, ganham o apoio das arquibancadas. O Beira-Rio tem recebido grandes públicos e quebrou, há quatro rodadas, o seu recorde de público pós reforma. Nesta noite, quando o Inter enfrenta o Flamengo, espera-se a presença de pelo menos 35 mil colorados, comprovando mais uma vez que a torcida é protagonista na construção da boa campanha no Campeonato Brasileiro. E não será a única vez que o Beira-Rio estará cheio nesta semana. No domingo, para o Gre-Nal, é esperado um público de quase 40 mil pessoas. Inclusive, não há mais ingressos para alguns setores do estádio para nenhuma das duas partidas. Na terça-feira, o dia foi marcado por filas na frente das bilheterias e por quedas no sistema de vendas on line de ingressos. ACOMPANHE A PARTIDA MINUTO A MINUTO ÀS 21h45min “A torcida é muito importante. Contra o Paraná, por exemplo, tivemos um jogo truncado, mas a torcida nos empurrou para a vitória. Conseguimos imprimir um ritmo mais forte para deixar o Paraná dentro do campo deles no segundo tempo graças ao apoio deles. Temos que aproveitar o fator casa”, enfatizou Edenilson, na tarde de terça, lembrando da vitória sobre o time paranaense, que veio somente aos 48 minutos do segundo tempo com um gol de falta de Camilo. A equipe que enfrenta o Flamengo está praticamente definida. Rodrigo Moledo, que cumpriu suspensão na rodada passada, volta. No setor ofensivo, Leandro Damião e Jonatan Álvez disputam uma posição. O restante da equipe é a mesmo que empatou por 0 a 0 com o Cruzeiro no domingo. Ontem, Odair Hellmann fez um treino fechado no Beira-Rio. “Estamos muito focados no Flamengo. Vamos jogar dentro de casa e precisamos da vitória. Vai ser um jogo difícil, mas queremos os três pontos”, completa Edenílson. O Inter tem três pontos a menos que o São Paulo, que se mantém na liderança do Brasileirão. Porém, há chances de o time colorado terminar a rodada e chegar ao Gre-Nal deste domingo na primeira posição. Para isso, precisa vencer hoje e torcer para derrota do tricolor paulista diante do Atlético-MG no Mineirão.  Campeonato Brasileiro - 23ª rodada  Inter Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Victor Cuesta e Iago; R. Dourado, Edenilson e Patrick; Nico López, J. Álvez e William Pottker. Técnico: O. Hellmann Flamengo Diego Alves; Pará, Leo Duarte, Rhodolfo, Renê; Piris da Motta, William Arão e Everton Ribeiro; Vitinho, Marlos (J. Lucas) e H. Dourado (Lincoln). Técnico: M. Barbieri Árbitro: Ricardo Ribeiro (MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG). Local: Beira-Rio. Início: 21h45min.

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br