Correio do Povo

08/09/2018 08:24 - Atualizado em 08/09/2018 08:27

Esportes > Esportes

Fortalecimento colorado após o Gre-Nal de maio

Equipe colorada era vista com ressalvas até o jogo, mas boa atuação no clássico iniciou a arrancada

Odair projetou uma vitória sobre o Grêmio e negou-se a falar em uma derrota- Crédito: Ricardo Duarte / Inter / CP
Odair projetou uma vitória sobre o Grêmio e negou-se a falar em uma derrota
Crédito: Ricardo Duarte / Inter / CP

Há apenas quatro meses, o Inter flertava com a crise. E foi um empate sem gols com o Grêmio, quando muitos imaginavam que até uma goleada poderia ocorrer na Arena, que afiançou o prosseguimento do trabalho. Hoje, a manutenção é comemorada com a defesa da liderança no clássico deste domingo, quando o time colorado vive uma fase completamente diferente. “O Inter manteve a convicção no trabalho e na tática escolhida. Temos jogadores comprometidos com aquilo que é treinado, um com o outro e um respeito enorme entre eles. Houve um fortalecimento das convicções e o respaldo da direção, além da vinda de novos jogadores e do Rodrigo Caetano. Há um fortalecimento de todos nós”, enfatizou o técnico na sexta-feira pela manhã, após o treino mais importante antes do clássico. Foi neste trabalho que Odair analisou as alternativas para substituir Iago e que analisou a recuperação de Leandro Damião. Existe a chance de o centroavante começar o jogo no lugar de Jonatan Álvez, embora a tendência seja ele ser reservado para o segundo tempo. Odair projetou uma vitória sobre o Grêmio e negou-se a falar em uma derrota, embora tenha enfatizado que, se ele vier, não será encarada como tragédia. “Tenho certeza de que será um confronto difícil. Vale muito na tabela do Brasileirão e é um clássico, o que aumenta tudo isso. O Grêmio é forte, mas nós estamos em um momento bom. Estamos preparados”, finaliza.

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br