Correio do Povo

08/09/2018 17:52 - Atualizado em 08/09/2018 20:07

Esportes > Esportes

KaBuM! conquista o título do CBLoL 2018

Final foi disputada no Auditório Araújo Vianna, em Porto Alegre

KaBuM! conquistou o título do CBLoL 2018 em um Araújo Vianna lotado- Crédito: Riot Games / Divulgação / CP
KaBuM! conquistou o título do CBLoL 2018 em um Araújo Vianna lotado
Crédito: Riot Games / Divulgação / CP

Foi sofrido para ambos os lados, mas no final das contas quem levou a taça para casa foi mesmo a KaBuM!. Em uma final muito disputada, tendo como palco um Auditório Araújo Viana completamente lotado, a equipe venceu o Flamengo por 3 a 2 a melhor de cinco jogos e ficou com o título da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends, mais conhecido como CBLoL. A promessa de um jogo épico, que colocaria frente à frente talentos como o experiente Felipe “brTT” Rocha, do Flamengo, e a revelação Alexandre “Titan” dos Santos, da KaBuM!, se confirmou na tarde deste sábado. A KaBuM! sequer precisou disputar a Escalada (como é conhecida a fase final). Por ter melhor campanha, já estava com a vaga na decisão assegurada. O Flamengo, por sua vez, entrou direto nas semifinais, quando arrasou a CNB, vencendo por 3 a 0 e carimbando o passaporte para Porto Alegre. O jogo mais esperado da temporada começou com vantagem para os rubro-negros, que venceram o Jogo 1 da melhor de 5. No entanto, a KaBuM! mostrou poder de reação e ganhou não apenas o Jogo 2 como também o Jogo 3. Veio o Jogo 4 e, mesmo sob pressão de não poder perder, o Flamengo não tomou conhecimento dos adversários, vencendo de forma inapelável. Ficou tudo para o Jogo 5, que começou equilibrado e até teve o Flamengo em vantagem, mas após uma sequência de ataques, a KaBuM! derrotou os cariocas e levantou o título. Com a conquista, a KaBuM! garante vaga no Mundial, que será realizado em outubro, na Coreia do Sul. “Estamos mostrando que a torcida pode depositar fé que estamos dando o nosso melhor. Acredito que podemos exceder as expectativas do público, que não são muito altas em termos internacionais”, afirma o gaúcho Filipe “Ranger” Brombilla, da equipe campeã. Lucas “Zantins”, que comemorou a conquista mostrando a camisa do Botafogo explicou também a brincadeira. “Eu, meu irmão e meu pai somos botafoguenses roxos e como a final era contra o Flamengo, surgiu essa ideia de, se vencer, comemorar assim. Então foi mais uma homenagem para eles e à torcida do Botafogo”, disse. A final do CBLoL não ficou restrita ao jogo entre as duas equipes. Antes do jogo, na abertura do evento, a grande atração foi o rapper Emicida, que apresentou uma música inédita, inspirada justamente em League of Legends, chamada “Disseram que era só um joguinho”. “Quando as pessoas diziam que era só um joguinho, coloquei isso na música pensando em responder a essa barreira de descrença que cerca esse novo tempo”, explica o músico. Para o diretor de eSports da Riot Games Brasil, Carlos Antunes, a decisão de trazer a final para Porto Alegre se mostrou bastante acertada: “Estamos muito felizes de ver que o público gostou muito de tudo que preparamos. Por tudo que vimos de audiência e engajamento, estamos muito felizes”.

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br