Correio do Povo

09/09/2018 18:03 - Atualizado em 09/09/2018 19:29

Notícias > Cidades

Nadador conclui travessia de rios na fronteira em Uruguaiana

Paratleta argentino Santiago Gutiérrez nadou 3,4 quilômetros neste domingo

Atleta encerrou o projeto O rio nos une- Crédito: Everaldo Jacques / Divulgação / CP
Atleta encerrou o projeto O rio nos une
Crédito: Everaldo Jacques / Divulgação / CP

A conquista de um para-atleta marcou o fim de semana em Uruguaiana e Paso de los Libres, na Argentina. No sábado, o nadador de águas frias Santiago Gutiérrez, de 41 anos, da província de Córdoba, cumpriu a última travessia que lhe faltava para unir todos os rios argentinos entre países fronteiriços. Ele nadou 3,4 quilômetros, cruzando o rio Uruguai, partindo do Club Náutico de Paso de los Libres, e chegando 42 minutos e 11 segundos depois ao Tamandaré Iate Clube, em Uruguaiana. O rio Uruguai estava elevado e com a correnteza mais forte, exigindo força adicional ao nadador. O projeto “O rio nos une” envolve as águas da Argentina, do Chile, Paraguai, da Bolívia e do Brasil. Na travessia, Gutiérrez foi monitorado pela prefeitura naval librenha até a fronteira imaginária do rio e, na metade brasileira, por bombeiros embarcados. Acompanharam o desempenho do nadador autoridades de Uruguaiana e de Paso de los Libres. Tânia Costa, presidente da Associação Amigos dos Deficientes Físicos de Uruguaiana, recepcionou o nadador, salientando o exemplo mostrado por ele em sua performance. Gutiérrez, entre outras travessias, há 18 meses nadou no Canal de Beagle, entre a Argentina e Chile. Ele se disse feliz e com a sensação de dever cumprido ao fechar o ciclo projetado.

CIDADES > correio@correiodopovo.com.br