Correio do Povo

09/09/2018 18:31 - Atualizado em 09/09/2018 18:38

Esportes > Esportes

Palmeiras derrota o Corinthians e segue na cola do Inter

Time de Luiz Felipe Scolari chegou aos 46 pontos e ocupa o 3º lugar

Time de Luiz Felipe Scolari chegou aos 46 pontos e ocupa o 3º lugar- Crédito: flickr.com/sepalmeiras / Divulgação / CP
Time de Luiz Felipe Scolari chegou aos 46 pontos e ocupa o 3º lugar
Crédito: flickr.com/sepalmeiras / Divulgação / CP

Em um clássico muito disputado e tenso, o Palmeiras venceu o Corinthians por 1 a 0 neste domingo, no Allianz Parque, em São Paulo, em jogo válido pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O atacante Deyverson marcou o gol da equipe alviverde e foi uma das estrelas da partida. Com o resultado, o Palmeiras chegou aos 46 pontos e manteve o terceiro lugar na tabela do Brasileirão. Já o Corinthians permaneceu estacionado nos 30 pontos. O jogo O Palmeiras começou pressionando o adversário, mas o Corinthians teve a primeira boa chegada, aos 3 minutos, quando o meia Jadson dominou uma bola na entrada da área, limpou os zagueiros e chutou colocado. No entanto, a bola passou longe do gol de Weverton. Depois, aos 5 minutos, o meia Lucas Lima reclamou de ter sido derrubado por Danilo Avelar e recebeu o cartão amarelo. Os jogadores palmeirenses pediram pênalti e ficaram inconformados com a decisão do árbitro gaúcho Jean Pierre Gonçalves Lima. A partida começou muito truncada. Os jogadores estavam tensos e as divididas eram duras. Aos 15, o lateral-esquerdo Danilo Avelar foi punido com o cartão amarelo por uma falta no meia-atacante Dudu. Aos 18 minutos, o próprio Dudu tentou escorar de cabeça um cruzamento da direita para o atacante Deyverson, que esperava no meio da grande área. Mas o palmeirense estava desequilibrado e a bola parou nas mãos do goleiro Cássio. O time da casa continuou tentando sufocar o Corinthians, mas sem conseguir levar perigo para o goleiro adversário. Aos 31, o meia Hyroan dominou pelo bico esquerdo da área, girou e bateu cruzado. A bola passou perto de Cássio, que só acompanhou para evitar surpresas. O melhor lance do jogo aconteceu aos 36 minutos, quando Deyverson tomou a bola do volante Douglas e bateu de perna esquerda. A bola saiu rasteira e passou muito perta trave direita de Cássio. Na sequência, o Palmeiras recuperou a bola no meio, Lucas Lima foi acionado pela direita e cruzou para Deyverson. Porém, a defesa corintiana cortou o passe e cedeu escanteio. A equipe alviverde cresceu no último quarto da primeira etapa. Aos 40 minutos, Dudu cruzou na cabeça de Deyverson, que desviou com perigo para o gol. Segundo tempo Na volta do intervalo, o técnico Luiz Felipe Scolari mostrou que tornaria o Palmeiras mais ofensivo. O treinador tirou o volante Thiago Santos e colocou o meia Moisés em campo. No Corinthians, o técnico Jair Ventura, que fazia a sua estreia como comandante da equipe alvinegra, preferiu manter a mesma formação para iniciar o segundo tempo. Mas o panorama do jogo nos minutos iniciais foi o mesmo do fim da primeira etapa: o Palmeiras buscou o domínio do jogo e acuou o adversário no campo de defesa. Aos 8 minutos, Deyverson dividiu com o zagueiro e caiu na área. Na sequência, o lateral Marcos Rocha recuperou a bola, mas foi tocado no tornozelo direito por Douglas. O árbitro da partida mandou o lance seguir. Mas a insistência da equipe alviverde foi recompensada. Aos 11 minutos, Marcos Rocha recebeu na direita e cruzou para Deyverson, que bateu de primeira e venceu o goleiro Cássio: 1 a 0. Logo após sofrer o gol, o técnico Jair Ventura tirou o meia Pedrinho e colocou no lugar dele o atacante Clayson. Pouco depois, o treinador alvinegro foi obrigado a tirar o lateral-direito Mantuan por contusão. O volante Gabriel foi escolhido para fazer a função. Aos 18 minutos, Dudu chutou forte em arrancada pelo lado esquerdo da área, mas Cássio encaixou a bola com segurança. O Corinthians teve uma boa chance, aos 24 minutos, em uma cabeçada do zagueiro Henrique, após falta cobrada por Jadson. A bola passou bem perto do gol de Weverton. No entanto, o Palmeiras quase chegou ao segundo gol dois minutos mais tarde. Dudu recebeu pela esquerda, invadiu a área, limpou três jogadores do Corinthians e soltou uma bomba que explodiu no travessão superior de Cássio — o goleiro corintiano estava totalmente batido. Aos 30 minutos, o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima expulsou o técnico Luiz Felipe Scolari do banco de reservas. Em seguida, ao deixar o gramado para a entrada de Willian, o atacante Deyverson discutiu com Roger, que já havia saído. Houve nova confusão entre os jogadores das duas equipes. Aos 47, Willian fez grande jogada pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou para Dudu, que foi travado na hora da conclusão. O Palmeiras controlou o adversário e segurou a importante vitória sobre o rival. Próximos jogos Na próxima quarta-feira, Palmeiras e Corinthians entrarão em campo pelas semifinais da Copa do Brasil. O time alviverde enfrentará o Cruzeiro, às 21h45, no Allianz Parquel. No mesmo horário, o Corinthians visitará o Flamengo, no Maracanã.

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br