Correio do Povo

10/09/2018 09:58 - Atualizado em 10/09/2018 10:05

Notícias > Cidades

Vila histórica de Santo Amaro inaugura rota turística

O distrito do município de General Câmara tem 15 construções tombadas pelo Iphan

A Igreja Matriz integra o conjunto de casarões antigos- Crédito: Inor Assmann / Gazeta do Sul / CP
A Igreja Matriz integra o conjunto de casarões antigos
Crédito: Inor Assmann / Gazeta do Sul / CP

Com 15 prédios do conjunto de antigas construções tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) desde 1998, a vila histórica de Santo Amaro do Sul, distrito de General Câmara, ganha um novo atrativo. A administração municipal inaugurou no fim de semana a Rota Turística Caminho Açoriano. O objetivo é promover o desenvolvimento sustentável da área para garantir a preservação do patrimônio arquitetônico e histórico. O roteiro apresenta 17 pontos de visitação em Santo Amaro do Sul, distante 15 quilômetros do Centro de General Câmara pela ERS 244. A elaboração do projeto começou em março de 2018 e inicialmente terá caráter experimental. A rota disponibilizará um guia na Central de Atendimento ao Turista da vila para informações e orientações aos visitantes. O primeiro ponto do roteiro é o mirante para observar a vila histórica, no início da estrada de acesso. Entre as construção mais antigas estão a Igreja Matriz, a terceira mais antiga do Rio Grande do Sul, construída em 1787. O prédio mais velho da vila, no entanto, fica atrás do templo e pertenceu ao tenente José Tarso de Prado. No local nasceu em 12 de abil de 1773 o herói farroupilha e primeiro presidente da República Rio-Grandense, José Gomes de Vasconcelos Jardim. O casarão também abrigou a Câmara de Vereadores por 57 anos enquanto o distrito foi sede do município. A edificação foi erguida em 1763 e serviu de cenário para o filme “Um Certo Capitão Rodrigo”, em 1970, baseado na obra “O Tempo e o Vento” de Erico Verissimo, sendo residência dos pais de Bibiana na história. Sem ocupação, a estrutura atualmente mostra sinais de abandono. O roteiro contempla ainda o prédio do antigo hotel, fundado em 1882, que servia para acomodar os viajantes com destino a Porto Alegre, a Casa de Cultura, a estação férrea, que funcionou de 1883 a 1961, e a Barragem Eclusa de Amarópolis. Além da visitação aos prédios históricos, os turistas poderão aproveitar o café colonial no casarão da Central do Turista. Reservas pelo e-mail turismo@generalcamara.com ou pelo telefone (51) 3655-1399. História A vila de Santo Amaro do Sul teve origem no Tratado de Madri, que fixou os limites entre as terras portuguesas e espanholas ao Sul da América. Em 1752, o general Gomes Freire de Andrade mandou construir um forte em uma colina na margem esquerda do rio Jacuí para demarcar as fronteiras. Pouco depois começou o estabelecimento dos açorianos no local, deixando forte legado nos costumes e tradições. A emancipação de Taquari ocorreu em 4 de maio de 1881. A transferência da sede da cidade aconteceu em 1939, com a instalação do Arsenal de Guerra em General Câmara. O município busca junto ao Iphan viabilizar formas de melhorar a conservação das construções.  

CIDADES > correio@correiodopovo.com.br