Correio do Povo

10/09/2018 13:13 - Atualizado em 10/09/2018 13:23

Esportes > Esportes

Alvez não marca há cinco jogos e Odair deixa disputa com Damião em aberto

Colorado terá cinco dias de preparação antes de enfrentar a Chapecoense, em Santa Catarina

Alvez não marca desde a partida contra o Fluminense no dia 13 de agosto- Crédito: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP
Alvez não marca desde a partida contra o Fluminense no dia 13 de agosto
Crédito: Ricardo Duarte / Inter / Divulgação / CP

A ausência de gols de Jonatan Alvez nos últimos cinco jogos e os constantes cartões amarelos podem fazer o uruguaio perder a vaga de titular no time do Inter. O retorno de Leandro Damião aos gramados nas últimas partidas, recuperado de um problema nas costas, faz Odair Hellmann estimular a disputa entre os dois. “O Damião e o Jonatan estão bem. Talvez, nos próximos jogos o Damião possa começar os jogos. O importante é que os dois estão bem fisicamente e vamos usá-los de acordo com as estratégias e aquilo que temos desenvolvido até agora. Com calma e coerência, vamos tomar as decisões para os próximos jogos. O importante é que estão bem”, destacou Hellmann. O último tento de Alvez foi contra o Fluminense há quase um mês, no Maracanã. O anterior foi contra o América-MG, na estreia com a camisa alvirrubra, em 26 de julho, no estádio Independência. Nos nove jogos, ou 269 minutos nos gramados, o uruguaio recebeu cinco cartões amarelos e está pendurado. Por outro lado, Damião voltou a atuar, livre do problema na coluna, no segundo tempo da partida contra o Cruzeiro e entrou em mais duas partidas. Na Série A, atuou 16 vezes, 11 como titular, e marcou três gols. O grupo do Inter está de folga até a quarta-feira, às 9h30min. Além da atividade, Odair Hellmann terá mais quatro oportunidades para definir o time que pega a Chapacoense na próxima segunda-feira, na Arena Condá. Cuesta recebeu o terceiro cartão amarelo e desfalca a equipe. Iago volta de suspensão. O jogo na cidade do Oeste catarinense está marcado para as 20h. O Colorado lidera o Brasileirão com 49 pontos, mesmo número do São Paulo, mas leva vantagem no saldo de gols, 18 contra 17. Além disso, os comandados de Odair Hellmann abriram 16 pontos do Cruzeiro, primeiro time fora da zona de classificação para a Libertadores.

ESPORTES > correio@correiodopovo.com.br