Correio do Povo

10/09/2018 19:39 - Atualizado em 10/09/2018 20:18

Notícias > Economia

Fechamento de fábrica de sapatos deixa 186 desempregados em Sobradinho

Unidade da West Coast era maior pagadora de ICMS do município

Unidade da West Coast era maior pagadora de ICMS do município- Crédito: Divulgação CP
Unidade da West Coast era maior pagadora de ICMS do município
Crédito: Divulgação CP

A unidade de Sobradinho da fábrica de calçados West Coast, do Grupo Priority, encerrou suas atividades no município nessa segunda-feira. O fechamento foi comunicado aos funcionários no começo da manhã. Eles retornavam ao trabalho após férias coletivas de dez dias e foram pegos de surpresa com a informação de que estavam desligados da empresa que empregava 186 pessoas no município de 14,9 mil habitantes. No auge da produção de calçados, a indústria no bairro Rio Branco chegou a contar com mais de 250 empregados e chegava a produzir 2,6 mil pares de calçados por dia. Em 2016, o IBGE indicou cerca de 3,1 mil pessoas como população ocupada do município. As demissões, portanto, representam aproximadamente 6% da força de trabalho local. O gerente local Gerson Scholles explicou que a decisão partiu da direção do Grupo Priority, com sede em Ivoti, e que é reflexo das dificuldades de mercado enfrentadas por outras empresas do ramo. “Tivemos recentemente fechamento de outros ateliês e fábricas calçadistas no Estado, como da Beira-Rio. A empresa tentou de tudo, mas infelizmente esta foi a saída”, disse, explicando que o grupo não irá abrir vagas em outros municípios. A empresa era a maior em retorno de ICMS em Sobradinho, conforme informações da prefeitura. Também estava entre as maiores empregadoras do município. Os trabalhadores se reuniram na Câmara de Vereadores, onde conversaram com o secretário de Indústria, Comércio e Serviços, Idelfonso Barbosa. Ele afirmou que há uma empresa interessada em se instalar no município, mas não revelou o nome. Barbosa também comentou que alguns trabalhadores demitidos, especialmente os com mais experiência, devem se recolocar no mercado de trabalho em breve com a disponibilização de vagas. Após o anúncio da demissão, os funcionários foram chamados para o encaminhamento do pagamento de seus direitos. O coordenador de Recursos Humanos da West Coast, Marcos Britz, comentou que a negociação está sendo feita com a Federação Democrática dos Trabalhadores na Indústria do Calçado do Rio Grande do Sul, que representa a categoria no município. O presidente João Batista da Silva esteve no local conversando com os representantes da indústria e deve retornar ainda nesta semana. Conforme Britz, foi feita a assinatura do aviso prévio de cada um dos trabalhadores e também foram agendados os exames médicos. A homologação da rescisão dos contratos deve ocorrer nesta quarta-feira.

ECONOMIA > correio@correiodopovo.com.br