Correio do Povo

11/09/2018 19:29 - Atualizado em 11/09/2018 19:43

Notícias > Cidades

Vazamento de produtos químicos atinge arroio em Estância Velha

Técnicos da prefeitura e da Fepam constaram a situação nesta terça-feira

Água ficou com coloração azulada- Crédito: Prefeitura de Estância Velha / Divulgação / CP
Água ficou com coloração azulada
Crédito: Prefeitura de Estância Velha / Divulgação / CP

Técnicos da Secretaria do Meio Ambiente de Estância Velha e da Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) identificaram a empresa que teria causado vazamento de substância líquida e de forte odor no arroio Estância Velha, contaminando parte do leito. O titular da pasta, Edenilson Klaus, explica que a coloração mais azulada foi percebida durante uma inspeção de rotina no local na manhã desta terça-feira. Segundo ele, o proprietário foi encontrado e notificado. “Não há como precisar, mas o material é semelhante a tinta e solvente. Coletamos amostras e o resultado deve ser conhecido em dez dias”, disse. O secretário informou que não há como mensurar a quantidade de material depositado no arroio, localizado em uma Área de Preservação Permanente. “Um processo administrativo deve ser instaurado para que haja esclarecimentos. Seguiremos monitorando e fiscalizando.” A Fepam informou que, além de receber multa pelo dano ambiental, a empresa foi lacrada por não ter licença de operação. Conforme a fundação, é provável que tenha ocorrido uma infiltração no sistema de secagem utilizado pela empresa, provocando o vazamento de produtos químicos que escoaram e acabaram atingindo não só o arroio Estância Velha, como também o arroio Portão. O vazamento foi controlado. A reportagem não conseguiu localizar os responsáveis pelo estabelecimento.

CIDADES > correio@correiodopovo.com.br