Correio do Povo

12/09/2018 08:24 - Atualizado em 12/09/2018 08:36

Notícias > Política

RS e União devem assinar acordo prévio de adesão ao regime de recuperação fiscal, diz governo

Vice-governador esteve reunido na tarde de terça-feira, em Brasília, com o ministro da Fazenda

Adesão ao regime de recuperação fiscal foi a principal bandeira do governo Sartori- Crédito:  Leandro Osório / Especial Palácio Piratini / CP
Adesão ao regime de recuperação fiscal foi a principal bandeira do governo Sartori
Crédito: Leandro Osório / Especial Palácio Piratini / CP

Em mais uma rodada de negociações em Brasília, o governo do Estado e a União decidiram assinar um acordo prévio de adesão do Rio Grande do Sul ao regime de recuperação fiscal. Os detalhes sobre o documento e a data de assinatura ainda não foram divulgados pelo governo. "O Ministério fará o documento, do qual participaremos da elaboração e que será o acordo prévio que estávamos buscando há alguns meses", explicou o vice-governador José Paulo Cairoli, que esteve reunido na terça-feira com o ministro da Fazenda, Eduardo Guardia. "Teremos o tempo necessário, até a assinatura do acordo final, para cumprir todas as exigências previstas", destacou Cairoli. De acordo com o vice, o acordo final, no entanto, deve ser acertado entre os próximos presidente da República e governador do RS – que serão eleitos em outubro. Ele ressaltou que apesar disso “a equipe técnica montada para acompanhar todo o processo em níveis federal e estadual deve ser a mesma no próximo ano”. Foto: Marcelo Ermel / GVG / Divulgação / CP

POLÍTICA > correio@correiodopovo.com.br