CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, QUINTA-FEIRA, 26 DE FEVEREIRO DE 1998
Samba & Cia.


DESMAIO - A mineira Verônica Silveira, de 56 anos, desembarcou na terça-feira em Porto Alegre, vinda de Juiz de Fora (MG), para desfilar na ala das baianas da escola Praiana. Ela veio prestigiar a apresentação coordenada pelo filho, o carnavalesco e ator Cássio Carvalho, que reside no Rio, mas foi importado pela Verde e Rosa. A mãe foliã sofreu com o calor registrado toda a noite na avenida Augusto de Carvalho e chegou a desmaiar na pista, precisando de atendimento no posto do Hospital de Pronto Socorro. Ela garantiu que volta em 1999.



 

DESTAQUE - A atriz Leila Lopes, natural de Esteio e conhecida como a professorinha da novela Renascer, deu uma aula de entusiasmo na avenida. Ela estava deslumbrante como destaque no carro que encerrava o desfile da Estação Primeira da Figueira e demonstrou garra para cativar a platéia. Comportamento que falta em muitos, para não dizer na maioria, dos carnavalescos gaúchos.


VITRINE - O camarote oficial na Augusto de Carvalho estava repleto de políticos. Como festa popular, o Carnaval é sempre um convite à participação. Compareceram os vereadores Henrique Fontana, Nêga Diaba e José Valdir; o deputado estadual Vieira da Cunha, além do prefeito Raul Pont, do vice-prefeito José Fortunati e do pré-candidato ao Piratini, Olívio Dutra. Aproveitaram o palco da passarela do samba os vereadores Isaac Ainhorn, Ana Maria Negroni, Antônio Losada e a deputada estadual Jussara Cony. Todos desfilaram pela Estação Primeira da Figueira.


PERDAS - A Associação das Entidades Carnavalescas divulgou o relatório de alterações do Grupo Intermediário 1A. Perderam pontos as escolas Diplomatas de Alvorada, Areal da Baronesa, Acadêmicos da Orgia e Unidos do Guajuviras. A mais penalizada foi a Guajuviras, que perdeu 77 pontos. A Diplomatas perdeu 11 pontos, os Acadêmicos perderam cinco e a Areal da Baronesa, quatro.


JUSTIÇA - Os avaliadores encontram dificuldades para realizar um julgamento justo das concorrentes, porque são obrigados a dar a nota ao término de cada desfile, o que não permite revisões. No Rio de Janeiro, por exemplo, os jurados preenchem planilhas. Isso lhes possibilita um comparativo entre as entidades carnavalescas antes da pontuação final, que define as vencedoras.


BLECAUTE - Durante o desfile da Praiana, o sistema de iluminação da Augusto de Carvalho caiu parcialmente por dez minutos, em razão de uma sobrecarga causada por fusíveis subdimensionados. A CEEE realizou o reparo. Outra queda de energia ocorreu na iluminação pública da Loureiro da Silva. Técnicos da companhia cortaram um fio para facilitar a passagem dos carros alegóricos da Imperadores do Samba.
 


Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil