CORREIO DO POVO
PORTO ALEGRE, DOMINGO, 14 DE FEVEREIRO DE 1999

Escolas




OS GUAIANAZES - Terceira colocada na sua categoria no Carnaval do ano passado, a tribo Os Guaianazes abre o desfile do Grupo Intermediário B levando para a avenida o samba-enredo 'Canacatu - Lenda Wayana - Apalai'. Durante os 50 minutos que ocupará a avenida, a tribo encenará os misticismos da Amazônia através da lenda do monstro Canacatu, que, durante a noite, levava para as águas os pequenos curumins. O canto dos Guaianazes será em tom de reza, pedindo a proteção do pajé da tribo para a conquista do título.

MOCIDADE INDEPENDENTE - 'O Maravilhoso Mundo das Artes' será apresentado pela Mocidade Independente de Esteio, que, no ano passado, se despediu do Grupo de Acesso e conquistou uma vaga no Grupo Intermediário B. O samba-enredo lembra que foram os anjos enviados por Deus que ensinaram aos homens das cavernas as primeiras obras de arte. Seguiram as artes egípcia, indígena, grega e romana. Outras manifestações, como o cinema e a literatura, também retratam as várias faces do homem e do mundo. Os componentes da Mocidade revelam que sonham em 'sacudir as arquibancadas' para, no mínimo, garantir a permanência no Grupo Intermediário B.

PROTEGIDOS DA PRINCESA - Outra representante da Região Metropolitana e originária do Grupo de Acesso, a Protegidos da Princesa Isabel, de Novo Hamburgo, aposta na dança como tema de seu samba-enredo. Através das alas, a escola irá recordar os movimentos corporais que já existiam desde a Pré-História até as danças profanas e sagradas da Antigüidade. A dança também é encarada como arte e diversão, além de se constituir em eficiente meio de comunicação e reveladora da herança étnica dos povos. E é com um 'molejo muito louco' que os sambistas vão mostrar que dominam a arte da dança, independentemente de estilo.

COPACABANA - A Copacabana, sétima colocada no Grupo Intermediário B em 1998, disputa o Carnaval deste ano com o samba-enredo 'Viu no que Deu, Noé?', fazendo uma sátira ao episódio bíblico. Na avenida, os animais da Arca de Noé irão fazer a festa, namorando entre si, dançando e cantando. No final, as aves decidem doar suas plumagens às festas pagãs. Não faltarão, na Passarela do Samba, alegorias com a forma de animais. Tampouco Adão e Eva estilizados.

SAMBA PURO - Pregando a fraternidade e o amor como os salvadores do mundo, a Academia Samba Puro vem, com raça, contar a história da criação com o samba-enredo 'O Homem-Menino numa Viagem ao Templo da Criação'. Com as portas de seu templo abertas, o deus Olorum mostra ao homem-menino a criação do homem de várias faces, cores e crenças a partir da argila. Cabe ao homem-menino, em seu retorno, transmitir ao mundo as belezas e a perfeição da natureza. O puxador, Nego Edu, garante que 'a Samba Puro é festa, é ziriguidum'.

UNIDOS DA ZONA NORTE - A história da Tribo de Atuadores Ói Nóis Aqui Traveiz, conhecida pelas suas apresentações em rua, é o tema do samba-enredo da Unidos da Zona Norte. A escola irá retratar a busca do grupo de artistas pela transformação do teatro e da sociedade. A intenção é salientar a importância do trabalho junto ao público que, por suas carências econômicas, está afastado das salas de espetáculo.

ASTROS DE ALVORADA - Os Astros de Alvorada, quinta colocada no Grupo Intermediário B em 1998, entram na avenida questionando a data correta do descobrimento do Brasil. Com o samba-enredo 'Descobrimento do Brasil, 500 Anos Depois. Será que Foi Cabral?', a escola aposta em alguns historiadores que afirmam que, por volta de 1498, Duarte Pacheco Pereira, encarregado português do Tratado de Tordesilhas, já havia estado no Brasil. O tema é atual, já que o país está fazendo contagem regressiva para a comemoração dos 500 anos do descobrimento.

FIDALGOS E ARISTOCRATAS - A Escola de Samba Fidalgos e Aristocratas vai lembrar em seu samba-enredo um pouco da história de Porto Alegre no início do século. Intitulada 'Um Palacete na Rua da Ponte', a música recorda a inauguração da Confeitaria Rocco, hoje com o prédio situado na rua Riachuelo. Famosa pelos seus doces e pelas festas e bailes de máscaras realizados no local, a Rocco faz parte da história da cidade. Na Passarela do Samba, serão lembrados os bailes de máscaras.

DIPLOMATAS DE ALVORADA - Rebaixada do Grupo Intermediário A em 1998, a Diplomatas de Alvorada vai falar de amor neste Carnaval. 'Sou Louco, Sou Louco por Você...' é o samba-enredo da escola, que irá contar a história da paixão de personagens reais e fictícios. Desde Adão e Eva, o primeiro casal, passando pelos animados Minnie e Mickey e os dramáticos Romeu e Julieta. Na letra da música também são lembradas as loucuras cometidas por amor.

UNIDOS DE GUAJUVIRAS - A Unidos do Guajuviras, de Canoas, será a última escola a desfilar, às 6h da madrugada de segunda-feira, dia 15. Com o samba-enredo 'Amuletos e Balangandãs', ela vai tentar recuperar a vaga perdida no ano passado no Grupo Intermediário A. A agremiação levará para a avenida os misticismos de muitas civilizações, apontando o significado e o objetivo de cada crença. Também já vem avisando que 'olho grande não me pega, eu tenho o corpo fechado'.



Correio do Povo
Porto Alegre - RS - Brasil